VOLUME 51 – Nº 3 | ANO 2019

Baixar a versão completa em PDF

EDITORIAL / EDITORIAL

ARTIGO DE REVISÃO / REVIEW

A telecitologia na rotina do rastreamento do câncer do colo uterino

Camila Tonet

Luciane Noal Calil

Lisiane Cervieri Mezzomo

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Introdução: A telecitologia ou citologia digital é a interpretação de amostras citológicas à distância. Depende principalmente da conversão da informação óptica obtida da ocular de um microscópio em uma imagem digital, que posteriormente será transmitida remotamente. Possui aplicações em diversas áreas, como as consultas intraoperatórias, propósitos educacionais e para amenizar o problema da indisponibilidade de profissionais citopatologistas. Objetivo: Descrever sobre o uso da telecitologia na rotina do laboratório de citopatologia, seus métodos, aplicações, vantagens e desvantagens. Método: Tratase de um estudo de revisão de literatura. Resultados: O uso da telecitologia no auxílio ao diagnóstico das lesões cérvico-vaginais mostra-se vantajoso, uma vez que a geração das imagens a partir do screening das lâminas possibilita maior discussão de casos duvidosos, mesmo à distância. Além disso, essa tecnologia fornece garantia e segurança dos resultados, possibilidade de revisão de lâminas por outros profissionais e o armazenamento permanente dos resultados. Considerações finais: A citologia digital traz novas possibilidades, pois permite que imagens de espécimes citológicos estejam disponíveis para qualquer pessoa, em qualquer lugar, para uso em diversas áreas. Com o advento das novas tecnologias em saúde, a telecitologia é uma ferramenta extremamente útil que permite auxílio ao diagnóstico, especialmente a longas distâncias.

Palavras-chave: Telepatologia; telecitologia; teste de Papanicolaou; neoplasias do colo do útero

Abstract

Introduction: Telecitology, or digital cytology is the interpretation of cytological samples at a distance. It mainly depends on the conversion of the optical information obtained from the eyepiece of a microscope into a digital image, which will subsequently be transmitted remotely. It has applications in several areas, such as intraoperative consultations, educational purposes and to alleviate the problem of the unavailability of cytopathologists. Objective: To describe the use of telecitology in routine laboratory cytopathology, its methods, applications, advantages and disadvantages. Method: This is a literature review. Results: The use of telecitology to aid in the diagnosis of cervicovaginal lesions is advantageous, since the generation of images from the screening of the slides allows a greater discussion of doubtful cases, even at a distance. In addition, this technology provides guarantee and safety of results, possibility of review of slides by other professionals, and the permanent storage of results. Final considerations: Digital cytology brings new possibilities, as it allows images of cytological specimens to be available to anyone, anywhere, for use in a variety of areas. With the advent of new health technologies, telecitology is an extremely useful tool that allows diagnostic assistance, especially at long distances.

 

Keywords

Telepathology; telecitology; Papanicolaou test; uterine cervical neoplasms

Hepatite C e as novas estratégias de tratamento: revisão de literatura

Johnny Marcelo Vicentim

Ana Laura Remedio Zeni Beretta

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

As hepatites virais são uma das maiores causas de transplantes hepáticos no mundo, com destaque para hepatite C (HCV), com mais de 240 milhões de pessoas infectadas. A história da HCV é marcada pela evolução silenciosa da doença, afetando negativamente o diagnóstico, sendo que os primeiros sintomas manifestam-se apenas na fase aguda e avançada da doença, comprometendo a eficácia do tratamento. Estudos apontam que cerca de 350 mil pessoas perdem a vida anualmente em decorrência da doença. O tratamento dos casos de HCV era feito pela combinação dos medicamentos interferon e ribavirina, no entanto, essa combinação tem como um grande problema a limitação de seu uso em alguns pacientes e, principalmente, seus intensos efeitos colaterais. Esse estudo se dedicou a apresentar os novos tratamentos, através de revisão de literatura, com coleta de dados em Pubmed, SciElo, entre outros bancos de dados, servindo como um informativo às pessoas doentes e seus familiares. A revisão apontou que uma avaliação da gravidade da doença hepática deve ser feita com a finalidade de fornecer subsídios ao processo de decisão sobre o regime de tratamento mais adequado. Essas novas terapias foram introduzidas e demonstraram melhores resultados, perfil de segurança e eficácia.

 

Palavras-chave

Hepatite C; interferons; ribavirina; inibidores de proteases

Abstract

Viral hepatitis is one of the biggest causes of liver transplants in the world, with hepatitis C (HCV), with more than 240 million people infected all over the world. The history of HCV is marked by the silent evolution of the disease, negatively affecting the diagnosis, and the first symptoms manifest only in the acute and advanced stage of the disease, compromising the effectiveness of the treatment. Studies indicate that about 350,000 people die each year from the disease. The treatment of HCV cases was made by the combination of interferon and ribavirin, however, this combination has a major problem limiting its use in some patients and especially its intense side effects. This study was dedicated to presenting the new treatments, through literature review, with data collection in Pubmed, SciELO, among other databases, serving as an informative to sick people and their families. The review pointed out that an assessment of the severity of liver disease should be done in order to provide input to the decision process on the most appropriate treatment regimen. These new therapies were introduced and demonstrated better results, safety profile and efficacy.

 

Keywords

Hepatitis C; interferons; ribavirin; protease inhibitors

ARTIGO DE ATUALIZAÇÃO / UPDATE

Correlação de alterações hematológicas em doenças parasitárias

Rafael Souza Antunes

Amanda Ferreira de Morais

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Os enteroparasitos causam aos seus portadores, entre outros agravos, desnutrição seguida por perda de peso, diarreias, vômitos, desidratação, anemia e enterites. Todos esses sintomas podem desencadear distúrbios dos índices hematológicos como contagem de hemácias, hematócrito, hemoglobina, leucócitos totais e eosinófilos. Este estudo teve como objetivo avaliar e analisar as alterações hematológicas em indivíduos com diagnóstico parasitológico positivo para enteroparasitos. Foi realizado um estudo com base nos dados laboratoriais, em que se analisou o hemograma de 412 indivíduos positivos para enteroparasitoses. Os dados demonstraram que existem relações entre as alterações hematológicas, principalmente a anemia, leucocitose e a eosinofilia, com as infecções parasitárias intestinais. Verificou-se também a frequência de poliparasitismo e suas alterações mais frequentes. O estudo apresentou uma possível contribuição para futuros trabalhos que relatem a importância da prevenção e tratamento das doenças parasitárias em humanos.

 

Palavras-chave

Doenças parasitárias; anemia; leucocitose; eosinofilia

Abstract

The enteroparasites cause to their carriers, among other damages, malnutrition followed by weight loss, diarrhea, vomiting, dehydration, anemia and enteritis. All these symptoms can trigger hematological indices disorders such as red blood cell count, hematocrit, hemoglobin, total leukocytes and eosinophils. This study aimed to evaluate and analyze the hematological alterations in individuals with positive parasitological diagnosis for enteroparasites. A study was carried out based on the laboratory data, in which the hemogram of 412 positive individuals for enteroparasitoses was analyzed. The data demonstrated that there are relationships between hematological changes, mainly anemia, leukocytosis and eosinophilia, with intestinal parasitic infections. The frequency of polyparasitism and its most frequent alterations were also verified. The study presented a possible contribution to future studies that report the importance of the prevention and treatment of parasitic diseases in humans.

 

Keywords

Parasitic diseases; anemia; leukocytosis; eosinophilia

Dengue e seus avanços

Amanda Naiala Ribeiro Furtado

Ana Sheila Ferreira Lima

Anderson Silva de Oliveira

Andréa Bessa Teixeira

Deyviane dos Santos Ferreira

Estephania da Costa Oliveira

Gleydiane Barroso Cavalcanti

Wládia Araújo de Sousa

Wladiany Medeiros de Lima

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A Dengue é uma arbovirose presente em várias regiões do mundo, inclusive no Brasil, sob a forma de epidemias de grande magnitude, e sob a forma hiperendêmica nos lugares onde um ou mais sorotipos circularam anteriormente. Mesmo tendo os conhecimentos disponíveis para preveni-la, sob bases científicas, as futuras ocorrências de epidemias das formas graves da doença, a atual situação epidemiológica e entomológica de extensas áreas de vários continentes evidenciam grandes possibilidades para agravamento do cenário atual, pois os fatores que determinam a re-emergência destas infecções são difíceis de serem eliminados e requer colaboração em conjunto com a população e no combate do agente transmissor. No presente estudo, realizou-se uma atualização de artigos publicados na literatura científica sobre seu agente etiológico, fisiopatologia da doença, diagnóstico e tratamento acerca da doença.

 

Palavras-chave

Dengue; fisiopatologia; epidemiologia; diagnóstico

Abstract

Dengue is an arbovirose present in several regions of the world, including Brazil, in the form of epidemics of great magnitude, and in hyperendemic form, in places where one or more serotypes have previously circulated. Although the available knowledge to prevent future occurrences of severe disease epidemics from occurring on a scientific basis, the current epidemiological and entomological situation in large areas of several continents shows great possibilities for aggravating the current scenario, since the factors that determine the reemergence of these infections are difficult to eliminate and requires collaboration in conjunction with the population and in combating the transmitting agent. In the present study, an integrative review of articles published in the scientific literature on its etiological agent, pathophysiology of the disease, diagnosis and treatment of the disease was carried out.

 

Keywords

Dengue; physiopathology; epidemiology; diagnosis

 

Keywords

Yeasts; blood culture; clinical diagnosis; research and new techniques

ARTIGO ORIGINAL / ORIGINAL ARTICLE

Prevalência de infecções fúngicas em um laboratório de análises clínicas da cidade de Veranópolis, Rio Grande do Sul

Gabriela Pigatto

Otávio Von Ameln Lovison

Fernanda Cattani

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: As infecções fúngicas, atualmente, constituem um problema de saúde pública, devido à elevada prevalência e frequência com que acometem a população. Fatores predisponentes como condições climáticas, região geográfica e características culturais e socioeconômicas favorecem a ocorrência destas infecções. O objetivo do presente estudo foi determinar a prevalência das infecções fúngicas em pacientes atendidos em um laboratório de análises clínicas na cidade de Veranópolis, Rio Grande do Sul (RS). Métodos: Foi realizado um estudo retrospectivo, por meio da consulta ao banco de dados, de 403 laudos de exames micológicos, direto e cultural, realizados no laboratório durante o período de abril de 2014 a abril de 2017. Resultados: Dentre os laudos analisados no estudo, houve positividade em 251 (62,28%) exames micológicos diretos (EMD) e em 226 (56,08%) exames culturais. As micoses superficiais e cutâneas constituíram as principais infecções diagnosticadas, sendo os fungos dermatófitos os agentes etiológicos mais isolados (69,47%), representados majoritariamente pela espécie Trichophyton mentagrophytes, seguidos por leveduras (20,35%), especialmente as pertencentes ao gênero Candida. Houve predomínio de infecções em pacientes do sexo feminino (64,54% EMD e 61,5% cultura) e adultos de 31 a 60 anos foram os mais acometidos pelas micoses diagnosticadas (58,96% EMD e 60,62% cultura). Conclusão: O conhecimento do perfil epidemiológico pode servir como guia na correta identificação do patógeno no diagnóstico laboratorial, influenciando diretamente no prognóstico e na escolha da conduta terapêutica adequada.

 

Palavras-chave

Dermatomicoses; Candida spp.; dermatófitos; fungos filamentosos não dermatófitos; epidemiologia

Abstract

Objective: The fungal infections are a public health issue, because of the high prevalence and frequency that they victimize the population. Predisposal factors as bioclimatic conditions, geographic region and cultural and socioeconomic characteristics favor the occurrence of this infections, generating, this way, variation in the prevalence of species in each region. The goal of the present study was to determinate the prevalence of fungal infections in patients in a clinical analysis laboratory in the city of Veranópolis, Rio Grande do Sul (RS). Methods: A retrospective study was made, using the consult of data basis, of 403 direct and culture mycological examination reports made in the laboratory during the period of April 2014 to April 2017. Results: In the analyzed examination reports in the study, there was positivity in 251 (62,28%) mycological direct exams (EMD) and, in 226 (56,08%) cultural exams. The superficial and cutaneous mycosis constituted the mainly diagnosed infections, being the dermatophytic fungi the most isolated etiological factors (69,47%), represented mainly, by the Trichophyton mentagrophytes species, followed by yeasts (20,35%), especially those who belong to the Candida genre. There was prevalence of infections in women patients (64,54% EMD and 61,5% culture). Adults among 31 and 60 years old were the most victimized by the diagnosed mycosis (58,96% EMD e 60,62% cultural). Conclusion: Knowledge of the epidemiological profile can serve as guide in the correct identification of the pathogen in the laboratory diagnosis, influencing directly in the prognosis and in the choice of the right therapeutic conduct.

 

Keywords

Dematomycosis; Candida spp.; Dermatophytes; non-dermatophyte filamentous fungi; epidemiology

Análise da prevalência de dislipidemia em crianças e jovens atendidos em um laboratório e posto de coleta na cidade de Goiás, GO

Matheus de Oliveira Cardoso

Sergio Henrique Nascente Costa

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Identificar a população com dislipidemia atendida em Goiânia-GO com faixa etária de 2 a 19 anos. Comparar os resultados de LDL determinados pela fórmula de Friedewald e Martin para o cálculo do LDL. Métodos: Análises do banco de dados PCLAB online®, de agosto de 2017 a março de 2018. Uso dos softwares Microsoft Excel 2010® e PAST 3.14® para análise estatística descritiva, teste qui-quadrado e teste t. Resultados: População composta por 671 indivíduos. Destes, 563 apresentaram dislipidemia. Com exceção do HDL, as médias dos valores lipídicos foram maiores no sexo feminino. O HDL foi o marcador que se alterou com maior frequência em 64,7% dos casos. Não houve diferença significativa (p>0,05) entre os sexos independente da fração do perfil lipídico analisada. Não houve diferença estatística entre os valores de LDL determinados pelas fórmulas de Friedewald e Martin. Conclusão: A população analisada apresentou taxas consideráveis de alterações dos padrões do perfil lipídico. Os percentuais de alterações destes são maiores no sexo feminino, mas não há diferença com significado estatístico quando comparado ao sexo masculino. A aplicação das fórmulas para cálculo do LDL também não apresentou diferença estatística, devido aos valores de Tg não se alterarem com frequência ou com grandes discrepâncias.

 

Palavras-chave

Dislipidemias; infância; adolescência; epidemiologia

Abstract

Objective: To identify the population with dyslipidemia treated in Goiânia-GO between 2 and 19 years old and to compare the LDL results determined by Friedewald and Martin’s formula for the calculation of LDL. Methods: Analyzes of the PCLAB online® database, from August 2017 to March 2018. Use of Microsoft Excel 2010® and Past 3.14® software for descriptive statistical analysis, chi-square test and t-test. Results: Population comprised of 671 individuals. Of these, 563 had dyslipidemia. Except for HDL, the mean of the lipid values was higher in females. HDL was the marker that changed most frequently in 64.7% of the cases. There was no significant difference (p> 0.05) between the sexes. There was no statistical difference between the LDL values determined by Friedewald and Martin’s formula. Conclusion: The population analyzed presented high rates of changes in lipid profile patterns. The percentages of lipid changes are higher in females, but there is no significant difference. The application of the formulas for calculating LDL also did not present statistical difference, because the Tg values did not change frequently or with large discrepancies.

 

Keywords

Dyslipidemia; child; adolescent; epidemiology

Prevalência de infecção urinária em um laboratório de análises clínicas da cidade de Jaraguá do Sul, SC, no ano de 2017

Ariane Dhoyce Machado

Daniele Cristina Naumann

Magda Helena Soratto Heitich Ferrazza

Adrielli Tenfen

Bárbara Yasmin Guevohlanian-Silva

Karla Weber

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Avaliar a prevalência de infecção urinária no Laboratório de Análises Clínicas (LAC) Santa Helena no ano de 2017, na cidade de Jaraguá do Sul. Métodos: Análise estatística e retrospectiva dos dados de pacientes que realizaram exame de parcial de urina, urocultura e antibiograma no ano de 2017. Resultados: Foram realizados no ano de 2017, no LAC-Santa Helena, 3.232 exames de parcial de urina, urocultura e antibiograma. Os pacientes apresentaram idade de 0 a 96 anos com idade média de 36 anos. Concluiu-se que 16% dos pacientes obtiveram resultados positivos para infecção urinária. Além disso, observou-se que a bactéria prevalente foi E. coli, acometendo 62,4% dos pacientes, e a infecção do trato urinário (ITU) acometeu principalmente mulheres (88,2%) com faixa etária de 19 a 59 anos (52,0%). Dentre os antibióticos testados, a ampicilina (41,9%), ácido nalidíxico (30,2%) e a sulfametoxazol/trimetoprima (25%) apresentaram-se mais resistentes à E. coli, sendo que para todas as bactérias encontradas no estudo a ampicilina foi a mais resistente com 48,5%. Conclusão: A infecção do trato urinário (ITU) é uma patologia frequente, sendo considerada a segunda infecção mais comum que afeta o ser humano e requer cuidados a fim de se evitar aumento significativo de resistência bacteriana. Pôde-se perceber que, nos pacientes atendidos, as mulheres foram as mais acometidas por ITU, sendo a E. coli o patógeno mais prevalente nestas infecções.

 

Palavras-chave

Escherichia coli; prevalência; resistência a antimicrobianos

Abstract

Objective: To evaluate the prevalence of urinary infection in the Santa Helena Clinical Analysis Laboratory (LAC) in the city of Jaraguá do Sul in 2017. Methods: Statistical and retrospective analysis of data from patients who underwent urine partial examination, uroculture and antibiogram in the year 2017. Results: 3.232 exams of partial urine, uroculture and antibiogram were performed in LAC-Santa Helena in 2017. The patients had ages ranging from 0 to 96 years with mean age of 36 years. It was concluded that 16% of the patients had positive results for urinary tract infection. In addition, it was observed that was the prevalent bacterium E. coli, affecting 62.4% of patients and urinary tract infection (UTI) affects mainly women (88.2%) with ages ranging from 19 to 59 years (52,0%). Among the antibiotics tested, ampicillin (41.9%), nalidixic acid (30.2%) and sulfamethoxazole / trimethoprim (25%) were more resistant to E.coli, and for all the bacteria found in the study ampicillin was the most resistant with 48.5%. Conclusion: Urinary tract infection (UTI) is a common pathology and is considered the second most common infection that affects humans and requires care in order to avoid a significant increase in bacterial resistance. It can be noticed that off all patients the women are more affected by UTI, being E. coli the most prevalent pathogen in these infections.

 

Keywords

Escherichia coli; prevalence; drug resistance

Alterações celulares reativas frente ao morfotipo de lactobacilos vaginais

Juliane Jagas Neves

Gabriela Livai Fagundes

Carmen Antônia Sanches Ito

Ednéia Peres Machado

Ana Paula Xavier Ravelli

Péricles Martim Reche

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Identificar alterações reativas celulares predominantes frente ao infiltrado inflamatório e ao morfotipo lactobacilar vaginal. Métodos: Estudo descritivo qualitativo, calculado pelo Qui-quadrado com 198 amostras. Realizados esfregaços de raspado cervicovaginal pelo Papanicolaou e secreção de fundo de saco vaginal para pesquisa de microbiota vaginal pelo Gram. Resultados: Forma curta de lactobacilos em 186 (93,9%) amostras e longos em 12 (6,1%). Infiltrado inflamatório pelo Gram escasso em 90 (45,45%) e Papanicolaou escassos em 82 (41,04%). Fagocitose pelo Gram escasso em 51 (25,76%). Alterações reativas celulares pelo Papanicolaou: citólise escassa (23,74%), edema nuclear moderado (35,86%), cariomegalia escassa (13,64%), binucleação escassa (35,35%), micronúcleo escasso (2,52%) e paraqueratose moderada em (23,74%). Qui-quadrado significativo entre a quantificação de infiltrado inflamatório pelo Gram e Papanicolaou com p=0,037. 30 (15%) enquadraram-se no diagnóstico laboratorial de vaginose citolítica. Critérios não clássicos e de micronúcleo e paraqueratose presentes em amostras com dois critérios simultaneamente em 25%, três simultâneos em 4,0% e quatro simultâneos em 2,0%. Conclusão: Critérios não clássicos podem aumentar a sensibilidade dos testes citológicos no advento da citologia reflexiva nos testes de HPV.

 

Palavras-chave

Microbiota; Lactobacillus; Teste de Papanicolaou

Abstract

Objective: Identify predominant cells reactive changes against the inflammatory infiltrate and the lactobacillary vaginal morphotype. Methods: Qualitative descriptive study, calculated by chi-square with 198 samples. Cervicovaginal scrapings were realized by the Papanicolaou, and vaginal pouch fundus secretion to investigate the vaginal microbiota by Gram. Results: Short form of lactobacilli in 186 (93.9%) samples and long in 12 (6.1%). Inflammatory infiltrate by Gram, scarce in 90 (45.45%) and Papanicolaou in 82 (41.04%). Fagocytosis by Gram, scarce in 51 (25.76%). Papanicolaou cells reactive changes: scarce cytolysis (23.74%), moderate nuclear swelling (35.86%), scarce caryomegaly (13.64%), scarce binucleation (35.35%), scarce micronucleus (2.52%) and moderate parakeratosis (23.74%). Significant chi-square between the quantification of inflammatory infiltrate by Gram and Papanicolaou with p = 0.037. 30 (15%) were in the laboratory diagnosis of CV. Non-classical criteria, and micronucleus and parakeratosis present in samples with two criteria simultaneously in 25%, three simultaneous in 4.0% and four simultaneous in 2.0%. Conclusion: Non-classical criteria may increase the sensitivity of cytological tests in the advent of refletive cytology in the HPV tests.

 

Keywords

Microbiota; Lactobacillus; Papanicolaou test

Prevalência de anemia microcítica hipocrômica em pacientes atendidos no Posto de Saúde da Vila Mutirão e assistidos pelo laboratório da PUC – Goiás, no período de agosto a outubro de 2018

Aline Aparecida Araujo Castro

Frank Sousa Castro

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Avaliar a prevalência de anemia microcítica hipocrômica de pacientes atendidos no Posto da Vila Mutirão do laboratório clínico da PUC-GO no período de agosto a dezembro de 2018. Métodos: O delineamento do estudo foi do tipo transversal, com base em um levantamento de dados a partir de indivíduos atendidos no Posto da Vila Mutirão, localizado na região noroeste de Goiânia-GO, no período de agosto de 2018 a outubro de 2018. Resultados: Foram coletadas 1.399 amostras de pacientes atendidos no Posto da Vila Mutirão de Goiânia – GO de ambos os sexos e de diversas idades. Os valores de VCM e HCM foram mensurados para todos os pacientes coletados. Os resultados obtidos foram divididos em quatro faixas etárias (1 a 10 anos; 11 a 20; 21 a 60 anos; 61 a 98 anos). A média geral do VCM dos pacientes com idade de 1 a 10 anos de ambos os sexos foi de 77,0 fL e HCM de 26,7 pg. Nos pacientes com idade de 11 a 20 anos, o VCM foi de 83,8 fL e HCM de 28,7 pg. Pacientes com idade de 21 a 60 o VCM foi de 85,4 fL e HCM foi 29,1 pg. E, por fim, os pacientes com idade de 61 a 98 anos, o VCM foi de 86,9 fL e HCM foi de 29,4 pg.  Conclusão: Foi observada uma prevalência elevada de anemia microcítica hipocrômica em crianças de 1 a 10 anos de idade

 

Palavras-chave

Anemia; eritrócitos; prevalência

Abstract

Objective: To evaluate the prevalence of hypochromic microcytic anemia in patients attending the Vila Mutirão clinic in the PUC-GO clinical laboratory from August to December, 2018. Methods: The study design was of a cross-sectional type based on a survey of data from individuals attended at the Vila Mutirão Post, located in the northwest region of Goiânia-GO, from August 2018 to October 2018. Results: A total of 1,399 patient samples were collected from the Vila Mutirão Post Office Goiânia-GO of both sexes and of different ages. The values of VCM and HCM were measured for all patients collected. The results were divided into four age groups (1 to 10 years, 11 to 20, 21 to 60 years, 61 to 98 years). The overall mean MCV of patients aged 1 to 10 years of both sexes was 77.0 fL and HCM of 26.7 pg. In patients aged 11 to 20 years, VCM was 83.8 fL and HCM was 28.7 pg. Patients aged 21 to 60 VCM was 85.4 fL and HCM was 29.1 pg. And finally, patients aged 61-98 years, the VCM was 86.9 fL and HCM was 29.4pg.  Conclusion: A high prevalence of hypochromic microcytic anemia has been observed in children 1 to 10 years of age.

 

Keywords

Anemia; erythrocytes; prevalence

Prevalência de parasitas em pacientes atendidos em laboratório de um centro universitário da cidade de Montes Claros, MG

Isabella Prates Caldeira

Isabela Morais Machado Sales

Ana Clara Nobre Bessa

Ane Caroline Teixeira Santos Moura

Kelma Dayana de Oliveira Silva Guerra

Daniela Araújo Veloso Popoff

Carlos Eduardo Mendes D'Angelis

Geraldo Edson Souza Guerra Júnior

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Analisar a prevalência de parasitas nos pacientes atendidos no laboratório de análises clínicas de uma clínica escola da cidade de Montes Claros-MG, no período de junho de 2016 a agosto de 2018 e determinar os principais parasitas encontrados, correlacionando-os com a faixa etária e sexo. Métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo e corte transversal, realizado por meio de uma pesquisa do histórico documental baseada nos laudos do laboratório, sendo utilizados cinco métodos de análises copro­lógicas. Resultados: Dentre os 909 exames parasitológicos analisados, 134 (14,7%) foram positivos, com prevalência no sexo feminino. O parasita mais encontrado foi o comensal Entamoeba coli (32,8%). Quanto aos casos de poliparasitismo, a associação mais encontrada foi de Entamoeba coli e Entamoeba histolytica. Conclusão: A prevalência de parasitas nos pacientes atendidos pelo laboratório escola no período estudado foi considerada elevada, a faixa etária mais acometida foi de 0 a 10 anos, o principal parasita comensal foi Entamoeba coli e o principal parasita patogênico foi Entamoeba histolytica.

 

Palavras-chave

Protozoários; promoção da saúde; prevalência

Abstract

Objective: To analyze the prevalence of parasites in the patients attended in the laboratory of clinical analyzes of a school clinic in the city of Montes Claros, MG, from June 2016 to August 2018 and determine the main parasites found, correlating them with the age group and sex. Methods: This is a cross-sectional retrospective study, carried out through a documentary historical research based on laboratory reports, using five methods of coprological analysis. Results: Among the 909 parasitological tests analyzed, 134 (14.7%) were positive, with prevalence in the female sex. The most common parasite was Entamoeba coli (32.8%). As for cases of polyparasitism, the most commonly found association was Entamoeba coli and Entamoeba histolytica. Conclusion: The prevalence of parasites in patients attended by the school laboratory in the period studied was considered high, the most affected age group was 0 to 10 years, the main parasite was Entamoeba coli and the main pathogenic parasite was Entamoeba histolytica.

 

Keywords

Protozoa; health promotion; prevalence

Éter de petróleo como clarificador na técnica de coloração de Papanicolaou: uma alternativa menos tóxica

Ednéia Peres Machado

Péricles Martim Reche

Ana Paula Xavier Ravelli

Célia Regina Carubelli

Francielly Portela David

Karen Mariane Bach dos Santos

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: comparar a qualidade da coloração de Papanicolaou em amostras cervicovaginais após clarificação com éter de petróleo e xilol. Métodos: Estatística descritiva por frequência simples comparada entre xilol e éter. Associação pelo Qui-quadrado e Kappa de 102 amostras. A clarificação pelo xilol de material da junção escamocolunar e éter de petróleo de fundo de saco vaginal. Resultados: o Qui-quadrado demonstrou diferença significativa (p<0,001) entre as amostras na fixação, coloração do citoplasma e núcleo e de polimorfo­nucleares. O Kappa encontrou-se discordante entre variáveis de fixação, qualidade do citoplasma e núcleo, polimorfonucleares e microbiota vaginal. A fixação do material teve frequência ruim em 50% das amostras clarificadas pelo xilol e 36% pelo éter de petróleo, refletindo na avaliação estatística. A fixação influencia na qualidade da coloração e sensibilidade da leitura citológica. Foi demonstrado ótimo desempenho da clarificação do éter de petróleo na frequência 30% de fixação, ótima visualização do citoplasma e núcleo celular e dos polimorfonucleares. Conclusão: O éter de petróleo atuou eficientemente como clarificador no Papanicolaou, permitindo visualização de estruturas celulares, podendo ser substituto do xilol, com mais segurança devido à baixa toxicidade e risco ao operador que o utiliza.

 

Palavras-chave

Teste de Papanicolaou; éter; neoplasias do colo do útero

Abstract

Objective: to compare the quality of Papanicolaou staining in cervicovaginal samples after clarification with petroleum ether and xylol. Methods: Simple frequency descriptive statistics compared between xylol and ether. Association by Chi-square and Kappa of 102 samples. Clarification by xylol of material from the squamocolumnar junction and petroleum ether from the vaginal sac fundus. Results: Chi-square showed a significant difference (p <0.001) between the samples at fixation, cytoplasmic and nucleus staining and polymorphonuclear staining. Kappa was found to be discordant between variables of fixation, cytoplasmic and nucleus quality, polymorphonuclear and vaginal microbiota. The fixation of the material had a bad frequency in 50% of the samples clarified by xylol and 36% by the petroleum ether, reflected in the statistical evaluation. The fixation influences the color quality and sensitivity of the cytological reading. It was demonstrated the excellent performance of the clarification of petroleum ether in the frequency 30% of fixation, excellent visualization of the cytoplasm and cell nucleus and polymorphonuclears. Conclusion: Petroleum ether efficiently acted as a clarifier in the Papanicolaou, allowing the visualization of cellular structures, which can be substituted for xylol, more safely due to the low toxicity and risk to the operator who uses it.

 

Keywords

Papanicolaou test; ether; uterine cervical neoplasms

Prevalência de VDRL reagente em pacientes atendidos em um laboratório de análises clínicas na cidade de Veranópolis, Rio Grande do Sul

Jovana Cenci

Daniela Carla Taparello

Fernanda Cattani

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Introdução: A sífilis é uma infecção sistêmica crônica com manifestações cutâneas, causada pela bactéria espiroqueta Treponema pallidum, considerada uma infecção sexualmente transmissível (IST) de grande importância na saúde pública devido ao elevado número de casos. Sua transmissão ocorre por via sexual, transplacentária ou por transfusão sanguínea. Objetivo: Este estudo teve como objetivo determinar a prevalência de VDRL reagente em pacientes atendidos em um laboratório de análises clínicas na cidade de Veranópolis, Rio Grande do Sul. Métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo que avaliou os resultados qualitativos, reagentes ou não reagentes, e quantitativos, pela titulação obtida do teste não treponêmico VDRL (Venereal Disease Research Laboratory). Resultados: Foram analisados 2.379 laudos laboratoriais, onde foi observado que 116 (4,88%) apresentaram resultado positivo, dos quais 72 (62,07%) pertenciam ao sexo feminino e 44 (37,93%) ao sexo masculino. A faixa etária com maior incidência variou de 15 a 35 anos, representando 68 (58,62%) casos positivos entre os laudos positivos analisados, sendo que o sexo feminino foi mais prevalente dentro desta faixa etária, com 45 (66,18%) casos positivos em relação aos homens, que somaram 23 (33,82%) casos. Conclusão: A realização do exame VDRL durante a vida sexual ativa das pessoas é de extrema importância para a detecção precoce da infeção causada pelo T. pallidum, possibilitando a detecção precoce da infecção e o início imediato do tratamento, evitando assim a disseminação da mesma entre a população.

 

Palavras-chave

Sífilis; Treponema pallidum; epidemiologia

Abstract

Introduction: Syphilis is a chronic systemic infection with cutaneous manifestations caused by spirochete Treponema pallidum bacterium considered a sexually transmitted infection with high importance in public health because the high quantity of cases. The transmission can occur by sexual way, transplacental or by blood transfusion. Goal: This study had the goal to determinate the prevalence of VDRL reagent in patients cared in a clinical analysis laboratory in Veranópolis City, Rio Grande do Sul State. Method: It is a retrospective study that had evaluated the qualitative results, reagent or non-reagent and quantitative, from titration obtained, of the non-treponemal test VDRL (Venereal Disease Research Laboratory). Results:  It was analyzed 2379 VDRL laboratory reports and it was observed that 116 (4,88%) had positive results, where 72 (62,07%) it were related to female sex and 44 (37,93%) it were related to male sex. The age range with the high prevalence it was between 15 and 35 years old, representing 68 (58,62%) of the positive cases between the positive reports analyzed; the female sex it was more expressive between this age range, with 45 (66,18%) positives cases in relation to male sex, that represented 23 (33,82%) of the cases. Conclusion: The carry out of the VDRL test during the active sexual life of the people it is crucial importance to early infection detection caused by T. pallidum, making possible the early infection detection and the immediate start of the treatment, preventing the dissemination in the population.

 

Keywords

Syphilis; Treponema pallidum; Epidemiology

RELATO DE CASO/ CASE REPORT

Anemia hemolítica supostamente relacionada à síndrome hematofagocítica em uma criança atendida no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP)

Fabiana Caroline Zempulski Volpato

Paulino Yassuda Filho

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 51 No. 3 2019

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Um dos quadros clínicos mais comumente encontrado em pacientes internados em serviços de referência é a anemia. Entretanto, ela não é caracterizada como uma doença e sim como consequência de um evento ou de uma patologia. Dentre as diversas manifestações existentes pode-se citar a anemia hemolítica (AH) autoimune, que consiste em um grupo de doenças cuja característica comum é a presença de autoanticorpos, os quais se ligam aos eritrócitos e diminuem o tempo de sobrevida dessas células, sendo um dos eventos autoimunes mais comuns associados a esta condição. Dentre os casos graves está a Síndrome Hematofagocítica ou Linfohistiocitose (SHF), que é uma síndrome rara e potencialmente fatal. Na última década, a SHF tem adquirido notoriedade devido ao aumento da sua incidência. Porém, nem sempre quadro anêmico está relacionado a somente uma causa. Sendo assim, o presente estudo descreverá um caso de anemia hemolítica em uma criança atendida em um hospital universitário, onde se pode apontar mais de uma causa para o quadro hemolítico.

 

Palavras-chave

Anemia hemolítica; linfohistiocitose hemofagocítica; infância

Abstract

The most commonly clinical event encouterd in patients admitted frequently in the hospital are anemia. However, this condition is not characterize as a disease but as consequence of an event or a pathology. Among the anemia we can emphasize autoimmune hemolytic (AH), that consist in a group of diseases whose common feature is the presence of autoantibodies. This tend to bind to erythrocytes and decrease the survival time of these cells. That mechanism is the one of the most common autoimmune events associated with this condition. Between the serious cases is the Hematophagocytic Syndrome or Lymphohistiocytosis (SHF), which is a rare and potentially fatal syndrome. In the last decade, this syndrome has acquired notoriety due to the increase in its incidence. However, not always an anemic event was related of only one cause. Thus, this study will describe a case of SHF and AH in a child attended at University Hospital of The West of Paraná, in this case we cleary indicated more than one cause for the hemolytic conditions.

 

Keywords

Hemolytic anemia; hemophagocytic sindrome; childhood