VOLUME 52 – Nº 3 | ANO 2020

Baixar a versão completa em PDF

EDITORIAL / EDITORIAL

Memória médica: a Gripe Espanhola de 1918

Paulo Murillo Neufeld

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Texto completo (PDF)

ARTIGO DE REVISÃO / REVIEW

Flexibilização do jejum para dosagem de perfil lipídico: uma revisão sistemática

Érica Camille Ribeiro dos Santos

Jamile Soares Mota Lobo

Mara Dias Pires

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Introdução: A dosagem do perfil lipídico expressa-se através de níveis plasmáticos de lipídios, para a qual o jejum era obrigatório, pois suspeitava-se haver relação entre o estado pós-prandial e variações nos resultados do exame, tendo como consequência um prognóstico ruim. Com o avanço tecnológico, pesquisadores motivaram a não obriga­toriedade do jejum, estabelecendo novos valores de referência e beneficiando alguns grupos específicos, justificando que o consumo de alimentos realizado anterior à coleta causa baixa ou nenhuma interferência no diagnóstico. Objetivo: Estudar a flexibilização do jejum relacionado à avaliação do perfil lipídico e analisar de forma crítica as implicações clínicas dos novos valores de referência em populações que fazem ou não o uso do jejum nesses exames. Método: Utilizaram-se como frases de busca: (“Reference values”) AND (“fasting” OR “Nonfasting”) AND (“dyslipidemia” OR “Lipid Profiling”). Filtros: Dados de publicações de 01/01/2008 a 01/10/2018 na plataforma PubMed. Resultados: Foram incluídos na análise desta revisão seis artigos originais. Conclusões: Os estudos demonstraram que o perfil lipídico, dosado com ou sem jejum, não demonstrou alteração significativa, podendo assim ser ainda mais útil para a identificação de doenças precocemente a partir dos valores de referências atualizados para a condição de coleta sem jejum.

 

Palavras-chave

Jejum; dislipidemias; valor de referência para porções

Abstract

Introduction: The lipid profile was expressed through plasma lipid levels, in which fasting was mandatory, in which the relationship between the postprandial state and variations in the test results was suspected, resulting in a poor prognosis. With the technological advance, researchers motivated the non-obligatory fasting, establishing new reference values and benefiting some specific groups, justifying that the consumption of food performed prior to collection, cause low or no interference in diagnosis. Objective: To study the flexibilization of fasting related to the evaluation of the lipid profile, and to critically analyze the clinical implications of the new reference values in populations that do or do not use fasting in these tests. Method: It was used as a search phrase: AND (“fasting” OR “Nonfasting”) AND (“dyslipidemia” OR “Lipid Profiling”), Filters: Publication date from 2008/01/01 to 2018 / 10/01 in the PubMed databases. Results: Six original articles were included in the review of this review. Conclusions: The studies demonstrated that the lipid profile, dosed with or without fasting, did not show a significant alteration and could be even more useful for the identification of diseases early from the updated reference values for the non-fasting condition.

 

Keywords

Fasting; dyslipidemias; reference values

Esquistossomose: uma endemia de importância no Brasil

Francismagda Silveira de França

Andre de Sousa da Silva

Cristiane Maria Mendes Magalhães

Karoline Silva Benevides

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A esquistossomose mansônica é uma enfermidade parasitária causada por um trematódeo digenético da família Schistosomatidae, gênero Schistosoma, que vive na corrente sanguínea do hospedeiro definitivo, o homem. As suas formas variam quanto à evolução clínica de maneira assintomática até agudamente grave, podendo levar ao óbito. É um parasita que tem afinidade por regiões tropicais, como o Brasil, onde a temperatura é elevada, principalmente no Norte e Nordeste do país. Junto com a clínica do paciente e exames laboratoriais é possível ter-se um diagnóstico fidedigno dessa enfermidade. As formas de tratamento para essa patologia segue o farmacológico e depende da fase em que se encontra a infecção, havendo necessidade de implantação de medidas preventivas para o controle dessa doença. Com base no exposto, este estudo, por meio da revisão de literatura, tem como objetivo explorar os aspectos clínicos e laboratoriais da esquistossomose mansônica, agente etiológico, tratamento e medida de profilaxia e controle. Portanto, a revisão literária foi feito a partir das bases de dados Scielo, Pubmed assim como livros, guias, textos sobre o assunto, visando conceber um apurado de publicações no sentido de sintetizar um objeto de consulta para uma melhor conscientização da comunidade médico-científica.

 

Palavras-chave

Endemia; diagnóstico; Esquistossomose; tratamento

Abstract

Schistosomiasis mansoni is a parasitic disease caused by a digenético trematódeo of the family Schistosomatidae, genus Schistosoma that lives in the sanguineous blood of the definitive host, the man. Its forms vary in clinical evolution from asymptomatic to acutely severe, leading to death. It is a parasite that has affinity for tropical regions, such as Brazil, where the temperature is high, mainly in the North and Northeas of the country. Together with the patient’s clinic and laboratory tests, it is possible to have a reliable diagnosis of this disease. The forms of treatment for this pathology follow the pharmacological and depends on the stage of the infection and there is a need to implement preventive measures for the control of this disease. Based on the foregoing, this study, through the literature review, aims to explore the clinical and laboratory aspects of schistosomiasis mansoni, etiologic agent, treatment and measurement of prophylaxis and control. Therefore, the literary review was done from the Scielo, Pubmed databases as well as books, guides, texts on the subject, aiming at conceiving a publication search to synthesize an object of consultation for a better awareness of the scientific medical community.

Keywords

Endemic; diagnosis; Schistosomiasis; treatment

ARTIGO ORIGINAL / ORIGINAL ARTICLE

Buscando novos antimicrobianos: avaliação da atividade antibacteriana de extratos de Eugenia brasiliensis

Fabio Luiz Ribeiro Mendes

Erika Martins de Carvalho

Jaime Antonio Abrantes

Joseli Maria da Rocha Nogueira

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Devido à atual resistência bacteriana aos antimicrobianos e à necessidade de buscar novas substâncias com essa atividade, principalmente em produtos naturais, esse trabalho objetivou avaliar e comparar o potencial antibacteriano de extratos de folhas da planta Eugenia brasiliensis, ainda pouco estudada, obtidas por coletas sazonais. Métodos: As coletas foram realizadas trimestralmente no Jardim Botânico do RJ (JBRJ) e os extratos etanólicos preparados com o pó das folhas secas. Foram utilizadas cepas de referência ATCC (American Type Culture Collection) Gram positivas de Staphylococcus aureus: 25.923 (Beta Lactamase -) e 29.213 (Beta Lactamase +), e duas Gram negativas, Escherichia coli (28.922) e Pseudomonas aeruginosa (27.853). A técnica de escolha foi a microdiluição em placa de 96 poços, pois permite avaliar a concentração inibitória mínima (CIM) e posteriormente a concentração bactericida mínima (CBM). Resultados: A melhor atividade antibacteriana (1 mg/mL) foi identificada nos extratos obtidos nos meses mais quentes (menores CIM para bactérias Gram positivas). A CBM foi compatível com a CIM na maioria das estações/cepas bacterianas, indicando possível atividade bactericida dos extratos. Conclusão: A pesquisa demonstrou uma atividade antibacteriana promissora para Gram positivos e existência de variação sazonal, sugerindo um bom potencial para o uso de E. brasiliensis como antimicrobiano. Os resultados também indicam que, no futuro, outros estudos devem ser realizados, como a prospecção química destes extratos.

 

Palavras-chave

Agentes antimicrobianos; extratos vegetais; Eugenia brasiliensis

Abstract

Objective: Due to the current bacterial resistance to antimicrobials and the need to search for new substances with this activity, mainly in natural products, this work aimed to evaluate and compare the antibacterial potential of Eugenia brasiliensis leaf extracts, still little studied, obtained by seasonal collections. Methods: Leaf collections were made quarterly at the Jardim Botânico do RJ (JBRJ) and ethanol extracts prepared with dry leaf powder. Reference strains ATCC (American Type Culture Collection) Gram positive from Staphylococcus aureus were used: 25923 (Beta Lactamase -) and 29213 (Beta Lactamase +), and two Gram negative strains, Escherichia coli (28.922) and Pseudomonas aeruginosa (27.853). The technique of choice was microdilution in a 96-well plate, as it allows the assessment of the minimum inhibitory concentration (MIC) and subsequently the minimum bactericidal concentration (CBM). Results: The best antibacterial activity (1 mg/mL) was identified in the extracts obtained in the warmer months (lower MICs for Gram positive bacteria). CBM was compatible with MIC in most seasons/ bacterial strains, indicating possible bactericidal activity of the extracts. Conclusion: The research demonstrated a promising antibacterial activity for Gram positive and seasonal variation, suggesting a good potential for the use of E.brasiliensis as an antimicrobial. The results also indicate that in the future, other studies should be carried out, such as the chemical prospecting of these extracts.

 

Keywords

Antibacterial agents; plant extracts; Eugenia brasiliensis

Detection of carbapenem hydrolyzing enzyme and extended spectrum beta-lactamase in clinical isolates of Enterobacteriaceae and Pseudomonaceae

Gabriel de Oliveira Santos

Renato Silva Teixeira

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Abstract

Objective: Characterize isolates of enterobacterias and pseudomonas based on their resistance to the antibiotics. Methods: This study was conducted with 44 samples from various species from the Enterobacteriaceae and Pseudomonaceae family and they were submitted to the Modified Hodge Test and Extended Spectrum Beta-Lactamase (ESBL) test. Results: From the 44 analyzed samples nine produced ESBL and ten produced some kind of carbapenemase. Conclusion: In total, 38,6% of the samples showed an increased in the incidence of this resistance in the last few years given that before 2001 there was not a single carbapenemase described. This fact alarms patients immunosuppressed or hospitalized since they colonize our digestive tract and can cause an infection given the opportunity.

 

Keywords

Beta-Lactamases; Enterobacteriaceae; Pseudomonas

Resumo

Objetivo: Caracterizar isolados de enterobactérias e pseudomonas em relação a sua resistência aos antimicrobianos. Métodos: O estudo foi realizado com 44 amostras de várias espécies das famílias Enterobacteriaceae e Pseudomonaceae, as quais foram submetidas aos testes de Hodge Modificado e Beta-Lactamase de Espectro Estendido (ESBL). Resultados: Das 44 amostras analisadas nove são produtoras de ESBL e dez são produtoras de carbapenemase. Conclusão: No total, 38,6% das amostras apresentaram algum tipo de resistência às ESBL e carbapenemases, e esse número mostra um aumento na incidência dessas resistências nos últimos anos já que, antes de 2001, não haviam sido descritas as enzimas car­­­ba­­­penemases. Esse fato é alarmante para pacientes imunossuprimidos ou hospitalizados uma vez que as enterobactérias colonizam nosso trato digestivo e podem causar uma infecção se dada a oportunidade.

 

Palavras-chave

Resistência beta-lactâmica; Enterobacteriaceae; Pseudomonas

Perfil dos hormônios tireoidianos de mulheres acima de 50 anos atendidas em um laboratório de referência de Serrinha-BA

André Luis de Santana Oliveira

Milena Santana Cabral

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Caracterizar o perfil dos hormônios tireoidianos de mulheres com idade maior ou igual a 50 anos atendidas no Laboratório Municipal de Referência Regional de Serrinha (LMRRS) no ano de 2017. Métodos: Os resultados de T3, T4 livre e TSH foram coletados retrospectivamente através do sistema informatizado utilizado pelo laboratório para construção de uma base de dados, e analisados de acordo com valores de referência recomendados pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia. Resultados: Foi encontrada uma prevalência moderada de disfunções tireoidianas, sendo 58,62% de casos de hipotireoidismo e 41,38% de hipertireoidismo. Houve também aumento dos níveis de TSH e T4 livre entre os 50 e 70 anos, sem alterações nos níveis de T3 total. Conclusão: Os resultados assemelham-se a estudos anteriores, envolvendo outras populações, com predomínio do hipotireoidismo subclínico entre mulheres na mesma faixa etária. No entanto, a tendência crescente dos níveis de T4 livre não reflete os achados prévios que associam o avanço da idade e redução da produção de estrogênios com a diminuição da função tireoidiana.

 

Palavras-chave

Hormônios tireoidanos; glândula tireoide; menopausa; hipotireoidismo; hipertireoidismo

Abstract

Objective: To characterize the thyroid hormone profile of women aged 50 years and older attended at the Laboratório Municipal de Referência Regional de Serrinha (LMRRS) in the year 2017. Methods: The results of T3, free T4 and TSH were retrospectively collected from the computerized system of laboratory for building a database, and analyzed according to the reference values recommended by the Brazilian Society of Endocrinology. Results: A moderate prevalence of thyroid dysfunction was found, with 58.62% of cases of hypothyroidism and 41.38% of hyperthyroidism. There was also an increase of TSH and free T4 levels between 50 and 70 years with no changes in total T3 levels. Conclusion: The results are similar to previous studies involving other populations, with a prevalence of subclinical hypothyroidism in women in the same age group. However, the increasing trend of free T4 levels does not reflect the previous findings that associate the advancement of age and reduction of estrogen production with the decrease of thyroid function.

 

Keywords

Thyroid hormones; thyroid gland; menopause; hypothyroidism; hyperthyroidism

Perfil de resistência aos antimicrobianos de Escherichia coli isoladas de amostras de urina de pacientes de uma Unidade de Terapia Intensiva

Mariana dos Santos Leite

Amanda do Carmo Gusmão

Bruna de Alcântara Veloso Gontijo

Patricia Guedes Garcia

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo:  Avaliar o perfil de suscetibilidade de Escherichia coli isoladas de uroculturas de pacientes internados na UTI adulto de um hospital de ensino na cidade de Juiz de Fora, MG. Métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo e transversal, cujos dados de urocultura foram coletados por meio dos registros eletrônicos do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, referentes ao período de janeiro a dezembro de 2018. Foram consideradas as culturas com crescimento positivo para E. coli com contagem de colônias ³ 100.000 UFC/mL. Resultados: Foram submetidas à urocultura 769 amostras de urina, e, destas, 240 (31,2%) apresentaram crescimento microbiano, sendo 37 (4,81%) positivas para Escherichia coli. Em relação ao perfil de suscetibilidade aos antimi­crobianos, 43,24% das cepas foram resistentes ao ciprofloxacino, 40,54% ao norfloxacino, 35,13 à ampicilina, 32,43 à nitrofurantoína, 29,72% a cefalotina, ceftriaxona, ceftazidima e cefepime,18,91% ao sulfazotrim, 5,04% a amicacina e gentamicina. Todas as cepas foram sensíveis aos carbapenêmicos. Foram isoladas nove (24,82%) cepas produtoras de Beta-Lactamase de Espectro Estendido (ESBL). Conclusão: A Escherichia coli é um importante patógeno relacionado a infecção do trato urinário ( ITU) e, ainda, apresenta resistência crescente aos antimicrobianos utilizados na prática médica, tais como quinolonas e beta-lactâmicos.

 

Palavras-chave

Farmacorresistência bacteriana; Unidades de Terapia Intensiva; Escherichia coli; urina

Abstract

Objective: To assess the susceptibility profile of Escherichia coli isolated from urine samples from patients admitted in the adult ICU of a teaching hospital in the city of Juiz de Fora, MG. Methods: The study is retrospective and transversal, whose urine sample data were collected through electronic records from Hospital Infection Control Service, referring to the period from January to December of 2018. In these studies, cultures of urine with growth for E. coli that had colony counts ³ 100.000 CFU/mL were considered positive. Results: A total of 769 urine samples were submitted to culture, out of these, 240 (31,2%) presented microbial growth, being 37 (4,81%) positive for Escherichia coli. In relation to antimicrobial susceptibility profile, 3,24% of the strains were resistant to ciprofloxacin, 40,54% to norfloxacin, 35,13 to ampicillin, 32,43 to nitrofurantoin, 29,72% to cephalothin, ceftriaxone, ceftazidime and cefepime, 18,91% to sulfamethoxazole trimethoprim, 5,04% to amikacin and gentamicin. All the strains were sensitive to carbapenems. Nine (24,82%) strains productors of Extended Spectrum Beta Lactamase (ESBL) were isolated. Conclusion: The Escherichia coli is an important pathogen related to UTI and presents increasing resistance to the antimicrobials used in medicine practice, such as the quinolones and the beta-lactams.

 

Keywords

Drug resistance, bacterial; Intensive Care Units; Escherichia coli; urine

Perfil epidemiológico de pacientes diagnosticados com mieloma múltiplo em hospital de referência para neoplasias malignas hematológicas

Caroline Silva Garcia

Cristina da Silva Righes

Karla de Toledo Candido Muller

Simone Maristela Malheiros de Castro Ricas

Eliane Borges de Almeida

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Analisar dados epidemiológicos, clínicos e laboratoriais de pacientes diagnosticados com mieloma múltiplo (MM) atendidos no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. Métodos: Estudo retrospectivo do tipo descritivo observacional, com seleção de dados clínicos e laboratoriais, envolvendo pacientes atendidos de 2013 a 2017. Resultados: Foram incluídos no estudo 44 pacientes. A mediana de idade foi de 63 anos, predominando o sexo masculino. Hipertensão arterial sistêmica e dor lombar foram, respectivamente, a comorbidade e manifestação clínica mais comum ao diagnóstico. Grande parcela dos pacientes possuía lesões líticas. As principais alterações laboratoriais foram anemia, elevação de ureia, creatinina e hiperproteinemia. Mais da metade dos pacientes evoluiu para óbito, sendo choque séptico e parada cardiorrespiratória as principais causas. A média de sobrevida dos pacientes foi de 25,81 meses. Correlações significativas foram estabelecidas entre os fatores idade, infecções, fraqueza, hiporexia, insuficiência renal, elevação de ureia, creatinina, proteínas totais, globulinas e hipoalbuminemia ao diagnóstico e um maior risco de óbito em menos de um ano. Conclusão: Os resultados obtidos irão contribuir para o maior conhecimento dessa neoplasia na população sul-matogrossense, impactando diretamente no diagnóstico precoce e manejo da doença.

 

Palavras-chave

Epidemiologia; mieloma múltiplo; perfil de saúde

 

Abstract

Objective: To analyze epidemiological, clinical and laboratory data of patients with multiple myeloma (MM) who attended the Regional Hospital of Mato Grosso do Sul. Methods: We conducted a retrospective study of descriptive observational design, by collecting clinical and laboratory data, involving patients hospitalized from 2013 to 2017. Results: Forty- four patients were included in the study. The median age was 63 years, with a predominance of males. Systemic arterial hypertension and low back pain were, respectively, the most common comorbidity and clinical manifestation. A large portion of patients had lytic bone lesions. The main laboratory findings were anemia, increase of urea, creatinine and hyperproteinemia. More than half of patients died, being septic shock and cardiorespiratory arrest the main causes of death. The mean patient survival rate was 25.81 months. Significant correlations were established between the factors age, infections, weakness, hyporexia, renal insufficiency, increase of urea, creatinine, total proteins, globulins and hypoalbuminemia at diagnosis and a higher risk of death in less than one year. Conclusion: The obtained results will contribute to a better knowledge about this neoplasm in the population of Mato Grosso do Sul, impacting directly on the early diagnosis and management of this disease.

 

Keywords

Epidemiology; multiple myeloma; health profile

Perfil de susceptibilidade aos carbapenêmicos de bacilos Gram-negativos fermentadores da glicose isolados de hemoculturas

Alessandra Lages Oliveira de Azevedo

Kelly Maria Rêgo da Silva

Iluska Martins Pinheiro

Pedro Vinicius Martins Pimentel

Tiago Marques Braga

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

As Enterobacteriaceae são bactérias Gram-negativas e frequentes causadoras de infecções hospitalares. Os carbapenêmicos (CROs) são considerados as mais recentes linhas de defesa contra infecções por microrganismos multirresistentes, no entanto o desenvolvimento de bactérias multirresistentes a esta classe medicamentosa tem prejudicado o tratamento farmacológico. Nesse sentido, o presente estudo trata-se de uma análise retrospectiva, tendo como objetivo avaliar o perfil de resistência e susceptibilidade de bacilos Gram-negativos fermentadores da glicose aos carbapenêmicos em isolados de hemoculturas positivas no período de janeiro de 2018 a janeiro 2019. Das 5.733 hemoculturas realizadas nesse período, cerca de 5,4% (311 amostras) foram positivas. Dentre essas, 34,4% (107 amostras) positivas para enterobactérias e 65,6% (204 amostras) positivas para outras espécies. Foi observada uma maior incidência de Klebsiella pneumoniae (34,6% dos casos), seguido pela Klebsiella sp. (28,9%) e a Escherichia coli (26,2%). Contudo, três (03) isolados de hemocultura da espécie Klebsiella pneumoniae se mostraram resistentes aos três antibióticos (ertapenem, meropenem e imipenem). Dois isolados de Enterobacter cloaceae também obtiveram resistência aos antibióticos utilizados e uma espécie de Enterobacter aerogenes mostrou-se resistente apenas ao ertapenem e meropenem e sensibilidade ao imipenem.

 

Palavras-chave

Enterobacteriacea; resistência; carbapenêmicos

Abstract

Enterobacteriaceae are Gram-negative bacteria and frequent causes hospital infections. Carbapenemic (CRO) are considered the latest lines of defense against infections by multidrug-resistant microorganisms, however the development of multidrug-resistant bacteria in this drug class has impaired treatment pharmacological. The present study is a retrospective analysis, with the objective of evaluating the resistance and susceptibility profile from isolates in blood cultures from January 2018 to January 2019, from positive blood cultures with enterobacteria growth and analysis of antibiograms performed from fermenter Gram-negative glucose bacilli to carbapenem antimicrobials. Of the 5,733 blood cultures performed from January 2018 to January 2019, about 5.4% (311 samples) were positive. Among these, 34.4% (107 samples) positive for enterobacteria and 65.6% (204 samples) for other species. A higher incidence of Klebsiella pneumoniae (34.6% of cases) was observed, followed by Klebsiella sp. (28.9%) and Escherichia coli (26.2%), however, three hemoculture isolates of the species Klebsiella pneumoniae, which were resistant to the three antibiotics (ertapenem, meropenem and imipenem). Two (2) isolates of Enterobacter cloaceae also obtained resistance to the antibiotics used and one (1) species of Enterobacter aerogenes proved resistant only to ertapenem and meropenem and sensitivity to imipenem.

 

Keywords

Enterobacteriacea; resistance; carbapenems

O exame citopatológico como auxiliar no diagnóstico de patologias mamárias

Pâmela Lazzarotto

Vera Regina Vargas de Medeiros

Gabriela Tramontina Treviso

Georgia M. Dexheimer

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Determinar se o exame citopatológico é utilizado e se realmente é uma ferramenta válida como auxiliar no diagnóstico de patologias mamárias na prática clínica de médicos ginecologistas atuantes em municípios da Serra Gaúcha (RS). Métodos: Aplicaram-se questionários semiestruturados a 12 médicos ginecologistas, que posteriormente foram tabulados na planilha Microsoft Excel 2010 para a geração de dados. Resultados: Todos os médicos que responderam aos questionários já enviaram amostras para exame citopatológico de mama e 91,6% deles relataram que o exame auxiliou no diagnóstico. Conclusão: Foram obtidos resultados favoráveis para a citopatologia mamária, concluindo que este exame pode auxiliar no diagnóstico.

 

Palavras-chave

Exame citopatológico; mama; neoplasia

Abstract

Objective: The objective of this study was to determine if the cytopathological examination is used and if it is indeed a valid tool to assist in breast disorders diagnosis in the clinical practice of gynecologists working in municipalities of Rio Grande do Sul state. Methods: Semi-structured questionnaires were applied to 12 gynecologists, who were later tabulated in the Microsoft Excel for data generation. Results: All the physicians who answered the questionnaires already sent samples for cytopathological examination of the breast and 91.6% of them reported that the examination was important in the diagnosis. Conclusion: It was obtained favorable results for mammary cytopathology, concluding that this examination may aid in the diagnosis.

 

Keywords

Cytopathological examination; breast; neoplasm

Perfil de resistência a antimicrobianos de Enterobacteriaceae isoladas de secreção traqueal e hemocultura de pacientes em uma Unidade de Terapia Intensiva

Carlos Alberto Medeiros Neto

Maria Izabely Silva Pimentel

Yasmin Alves Gomes

Igor Vasconcelos Rocha

Sibele de Oliveira Ribeiro

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Verificar a presença e o perfil de resistência de enterobactérias frente a antimicrobianos, oriundas de secreção traqueal e hemocultura de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Métodos: Utilizaram-se Ágar Mac Conkey, testes bioquímicos e coloração de Gram para identificação bacteriana. A identificação da resistência antimicrobiana ocorreu pelo método de disco-difusão e realizaram-se os testes de aproximação de disco e Hodge modificado para verificação da produção de ESBL e KPC, respectivamente. Resultados: Foram identificados nove isolados oriundos de secreção traqueal e oito de hemocultura: Proteus mirabilis (41%), Serratia rubidaea (17%), Enterobacter aerogenes (12%), Enterobacter sakazaki (6%), Providencia rettgeri (6%), Klebsiella oxytoca (6%), Klebsiella pneumoniae (6%) e Escherichia coli (6%). O teste de resistência antimicrobiana mostrou isolados com multirresistência: 35,3% foram produtores de ESBL e 41,1% de KPC. Conclusão: A identificação desses patógenos multirresistentes e de seus mecanismos de resistência é muito importante para que seja possível um tratamento eficaz e uma recuperação mais rápida para os pacientes.

 

Palavras-chave

Enterobacteriaceae; hemocultura; Unidades de Terapia Intensiva; resistência a antimicrobianos

Abstract

Objective: Check the presence and resistance profile of enterobacteria against antimicrobials, from tracheal secretion and blood culture from an Intensive Care Unit (ICU). Metods: Mac Conkey Agar, biochemical tests and Gram were used for bacterial identification. Antimicrobial resistance was identified by the disc diffusion method and the disc approach and modified Hodge tests were performed to verify the production of ESBL and KPC, respectively. Results: Nine isolates from tracheal secretion and eight from blood culture were identified: Proteus mirabilis (41%), Serratia rubidaea (17%), Enterobacter aerogenes (12%), Enterobacter sakazaki (6%), Providencia rettgeri (6%), Klebsiella oxytoca (6%), Klebsiella pneumoniae (6%) and Escherichia coli (6%). The antimicrobial resistance test showed multiresistant isolates: 35.3% were producers of ESBL and 41.1% of KPC. Conclusion: The identification of these multiresistant pathogens their resistance mechanisms is very important for effective treatment and faster recovery for patients.

 

Keywords

Enterobacteriaceae; blood culture; Intensive Care Unit; drug resistance

Prevalência de parâmetros laboratoriais da Síndrome Metabólica de pacientes atendidos no LAC-PUC Goiás, no período de julho a dezembro de 2018

Ana Carolina Costa Neves

Yuri Antônio de Sousa Oliveira

Amarildo Lemos Dias de Moura

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Apresentar a prevalência de critérios positivos para Síndrome Metabólica (SM) em usuários do Laboratório de Análises Clínicas (LAC) da PUC Goiás, traçando um perfil comparativo com base no sexo e idade que se encaixem nos critérios de inclusão desta pesquisa. Métodos: Estudo transversal e descritivo com abordagem quantitativa. Foram levantados resultados dos exames bioquímicos para glicemia, triglicérides e HDL, distribuídos por faixa etária entre 18 e 92 anos, e desta forma foi feita análise estatística do estudo de prevalências, pela idade e sexo. Resultados: O total de pacientes que fizeram os exames citados foi de 4.788, dos quais 1.102 apresentam-se alterados, representando cerca de 23%. Destes, foram 537 homens e 565 mulheres, de faixa etária entre 18 a 92 anos. As alterações mais prevalentes para cada grupo etário foi nos valores de glicemia (> 125), seguida dos triglicérides elevado (>150) e do HDL diminuído (<40). Quanto às alterações nos parâmetros de HDL, triglicerídeos e glicemia de jejum de acordo com a faixa etária foi constatado que o grupo com mais resultados alterados está na faixa de 48-62 anos. Conclusão: Pela faixa etária e sexo, o grupo de maior prevalência dos parâmetros alterados foi de mulheres, entre 48 e 62 anos possivelmente por questões hormonais.

 

Palavras-chave

Síndrome Metabólica; Diabetes mellitus; comportamento sedentário

Abstract

Objective: To present the prevalence of positive criteria for Metabolic Syndrome (MS) in users of PUC Goiás Clinical Analysis Laboratory (LAC), drawing a comparative profile based on gender and age that fit the inclusion criteria of this research. Methods: Cross-sectional and descriptive study with quantitative approach. The biochemical exams were performed by commercial kits, with HDL cholesterol and triglycerides dosage in addition to fasting glucose using their results for possible diagnosis of MS. The study included individuals aged 18 years and over, of both sexes, taking into consideration altered blood glucose or diagnosis of diabetes, high triglycerides and low HDL. With these data, a statistical analysis of prevalence was performed. Results: The total number of patients who had the exams mentioned was 4,788, of which 1,102 were altered, representing about 23%. Of these, there were 537 men and 565 women, aged 18 to 92 years. The most prevalent changes for each age group were blood glucose values (> 125), followed by elevated triglycerides (> 150) and decreased HDL (<40). Regarding changes in HDL, triglycerides and fasting glucose levels according to age, it was found that the group with the most altered results is in the 48-62 age group. Conclusion: By age and gender, the group with the highest prevalence of altered parameters was women, between 48 and 62 years old, possibly due to hormonal issues.

 

Keywords

Metabolic Syndrome; Diabetes mellitus; sedentary behavior

Perfil de resistência a antimicrobianos e prevalência de microrganismos isolados de culturas de pacientes ambulatoriais e hospitalizados em Campos dos Goytacazes-RJ

Fabiano de Souza Santos Filho

Patrícia Oliver Fiuza

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo é verificar o perfil de resistência (ERC, ESBL e Polimixina resistentes) dos microrganismos supracitados em culturas de pacientes atendidos em um laboratório e comparar a prevalência das bactérias nos âmbitos hospitalar e ambulatorial. Métodos: O presente estudo é do tipo observacional transversal retrospectivo, com abordagem quantitativa e qualitativa. Resultados: Foi verificado que há mais infecções no hospital e os microorganismos mais frequentes são a P. aeruginosa e a E. coli. Conclusão: No ambulatório, os mais frequentes são a E. coli. e a K. pneumoniae. No ambiente hospitalar, os dois mecanismos mais prevalentes são a resistência aos carbapenêmicos e a produção de ESBL.

 

Palavras-chave

Isolados bacterianos; prevalência; resistência a antimicrobianos

Abstract

Objective: The objective is to verify the resistance profile (ERC, ESBL and Polymyxin resistant) of the microorganisms mentioned above in cultures of patients treated in a laboratory and to compare the incidence of the bacterias in the hospital and in the ambulatory. Methods: The present study is a retrospective cross-sectional observational study with a quantitative approach. Results: It was verified that there are more infections in the hospital and the most frequent are P. aeruginosa and E. coli. Conclusion: In the outpatient clinic, the most frequent are E. coli and K. pneumoniae In the hospital environment, the two most frequent mechanisms are resistance to carbapenems and ESBL production.

 

Keywords

Bacterial isolates, prevalence, drug resistance

Perfil epidemiológico da AIDS no Brasil utilizando sistemas de informações do Datasus

Camila Souza de Oliveira

Daniella Souza Mendonça

Laura Muniz de Assis

Patrícia Guedes Garcia

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Identificar o perfil epidemiológico dos casos de HIV/AIDS no Brasil, utilizando sistema de informações de saúde do DATASUS. Métodos: Os dados foram obtidos por meio de consulta às bases de dados do SINAN (Sistema de Informações de Agravos de Notificação), SIM (Sistemas de Informações sobre Mortalidade) e SISCEL (Sistema de Controle de Exames Laboratoriais da Rede Nacional de Contagem de Linfócitos CD4+/CD8 e Carga Viral), disponibilizados pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS). Resultados: Foi evidenciada uma maior prevalência entre homens na faixa etária de 20 a 34 anos, representando 41,6% do total. Já entre as mulheres, a faixa etária dos 35 a 49 anos foi a com maior número de casos. Conclusão: Durante esses longos anos de epidemia, houve um avanço considerável no tratamento de HIV/AIDS; todavia, ainda existe um aumento considerável da doença nos últimos anos, reforçando a necessidade de ampliação de campanhas e políticas públicas educativas.

 

Palavras-chave

HIV; epidemiologia; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida

Abstract

Objective: To identify the epidemiologic profile of HIV/AIDS cases in Brazil using the DATASUS database. Methods: The data were obtained through the consultations of SINAN (Information system of Notifiable Diseases), SIM (Mortality Information System) and SISCEL (System of Control of Laboratory Tests of the National Network of CD4+/CD8 Lymphocytes Count and Viral Load) databases, made available by the Informatics Department of the United Health system (DATASUS). Results: A higher prevalence was evidenced among men aged between 20 and 24 tears, representing 41,6% of the total. Among women, the age group from 35 to 49 years was the one with the highest number of cases. Conclusion: During these long years of the epidemic, there was a considerable advancement in the treatment of HIV/AIDS; however, there is still a significant increase of the disease in the recent years, reinforcing the need to expand educational campaigns and public policies

 

Keywords

HIV; Acquired Immunodeficiency Syndrome; epidemiology

Coilocitose

Melissa Freire Zimmer

Camila Tonet

Lisiane Cervieri Mezzomo

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 52 No. 3 2020

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Introdução: Coilocitose é um termo descritivo derivado do adjetivo grego koilos, que significa oco. É patognomônico para o diagnóstico de lesão intraepitelial escamosa de baixo grau (LSIL), lesão relacionada à infecção pelo Papiloma vírus humano (HPV). Objetivos: Esse estudo objetiva descrever sobre a elaboração de um atlas virtual que aborde as diferentes morfologias atribuídas às células patog­nomônicas do HPV, chamadas coilocitoses. Métodos: O estudo é baseado na captura das imagens microscópicas de lesões pré-neoplásicas e neoplásicas cérvico-vaginais e também em revisão da literatura sobre o tema, realizada por meio da busca de artigos científicos na base de dados bibliográficos. As imagens foram capturadas com o auxílio de uma câmera de um smartphone acoplada à objetiva do microscópio óptico. Conclusão: As imagens capturadas retratam os diferentes tipos de coilócitos presentes nas lesões pré-neoplásicas e neoplásicas do colo do útero, auxiliam e complementam os estudos de imagens, fornecendo um maior embasamento e olhar crítico para a definição de diagnóstico.

 

Palavras-chave

Colo do útero; neoplasias; HPV

Abstract

Introduction: Koilocytosis is a descriptive term derived from the Greek adjective koilos, which means hollow. It is pathognomonic, for the diagnosis of low grade squamous intraepithelial lesion (LSIL), a lesion related to human papillomavirus (HPV) infection. Objectives: This study aims to describe the elaboration of a virtual atlas that addresses the different morphologies attributed to HPV pathognomonic cells to koilocytosis. Methods: The study is based on the capture of microscopic images of pre-neoplastic and cervico-vaginal neoplastic lesions and also a review of the literature on the subject, performed by searching scientific articles in the bibliographic database. The images were captured with the aid of a smartphone camera attached to the optical microscope objective. Conclusion: The captured images portray the different types of koilocytes present in pre-neoplastic and neoplastic lesions of the cervix, help and complement the imaging studies, providing a greater background and critical eye for the definition of diagnosis.

 

Keywords

Uterine cervix; neoplasms; HPV