VOLUME 48 – Nº 3 I ANO 2016

Baixar a versão completa em PDF

CARTA DO PRESIDENTE / LETTER FROM THE PRESIDENTE

A certificação digital de laudos

Dr. Jerolino Lopes Aquino

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Texto completo (PDF)

ARTIGO DE REVISÃO / REVIEW

Hiperparatireoidismo secundário: uma complicação da Doença Renal Crônica

Rafael A. Porto

Marília R. Truite

Sérgio Elias Gardano Bucharles

Aline Borsato Hauser

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A Doença Renal Crônica (DRC) é considerada um problema de saúde pública mundial e sua incidência vem aumentando progressivamente, chegando a ser classificada como uma epidemia. Uma de suas complicações é a Doença Mineral Óssea, uma desordem sistêmica que envolve alterações clínicas, bioquímicas e ósseas. Uma das causas desse distúrbio é o hiperparatireoidismo secundário, complicação decorrente da alteração do metabolismo de cálcio e fósforo, que representa uma importante causa da perda da qualidade de vida dos pacientes. Na DRC ocorre um quadro de hiperfosfatemia e hipocalcemia devido à perda da função renal, ao déficit de vitamina D ativa, e pelo desequilíbrio na manutenção do produto cálcio-fósforo. Como consequência à hipocalcemia ocorre um aumento na secreção do paratormônio, responsável pela reabsorção de sais ósseos, elevando os níveis de Ca+ no líquido extracelular. A tendência resultante é o estabelecimento de um quadro de HPTS, que pode causar fraturas patológicas, deformidades ósseas e decréscimo na sobrevida dos pacientes. Esta revisão sugere o HPTS como alvo de futuras investigações clínicas e laboratoriais para melhor elucidar os mecanismos envolvidos no desenvolvimento desta complicação e, assim, estabelecer o uso de medidas terapêuticas e profiláticas que aumentem a expectativa de vida dos pacientes com DRC.

 

Palavras-chave

Doença renal crônica; Hiperparatireoidismo secundário; Fatores de risco

Abstract

Chronic Kidney Disease (CKD) is considered a global public health problem and its incidence has been progressively increasing, nearly becoming an epidemic. One of its complications is the Mineral Bone Disease, which is a systemic disorder that involves clinical, biochemical or bone alteration. One of its causes is the secondary hyperparathyroidism, a complication resulting from alterations of the metabolism of calcium and phosphorus and results a decrease in quality of life in patients. The CKD causes hyperphosphatemia and hypocalcemia due to kidney damage, active vitamin D deficiency and maintenance of calcium – phosphorus product. As a result of the hypocalcemia, the secretion of the parathyroid hormone increases, which is responsible for the bone reabsorption, increasing the levels of calcium in the extracellular liquid. The resultant tendency is the secondary hyperparathyroidism, which can cause pathologic fractures, bone deformities and reduction of life expectancy for patients. In conclusion, the secondary hyperparathyroidism, must be further studied in future investigations on clinical and laboratory studies to clarify the pathophysiology of this complication, besides the use of therapeutic proceedings and prophylaxis that increase life expectancy and quality in patients with CKD.

 

Keywords

Chronic kidney diseases; Hyperparathyroidism secondary; Risk factors

 

Análise dos valores de referência do líquido cefalorraquidiano

Laísa Vieira Gnutzmann

Jacqueline Plewka

Mônica Tereza Suldofski

Mariano Felisberto

Vanessa Nesi

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

O líquido cefalorraquidiano (LCR) é um líquido incolor que circula o cérebro e a medula espinhal através do espaço subaracnoideo, ventrículos cerebrais e o canal central da medula. O exame do LCR fornece informações importantes em relação ao diagnóstico etiológico e acompanhamento de processos inflamatórios, infecciosos ou neoplásicos dos órgãos que são envolvidos por esse líquido. Esse exame compreende a análise dos aspectos físicos, bioquímicos e citológicos do LCR. A definição dos intervalos de valores de referência é uma tarefa desafiadora para todos os laboratórios clínicos, sendo fundamental para que os laboratórios forneçam informações fidedignas e que os clínicos possam interpretar corretamente os resultados e optar pelas melhores condutas diante da população assistida. Foram realizadas buscas nas bases de dados Medline/Pubmed, Lilacs/SciELO e Web of Science, à procura de artigos que apresentassem uma fundamentação teórica de LCR com informações de valores de referência dos exames pesquisados. Foram tabulados os valores dos exames bioquímicos de glicose, proteína, lactato, LDH, ADA, e citológico de leucócitos e hemácias. Os estudos abordados nesta revisão mostraram que ainda não existe uma padronização dos valores de referência para o exame de LCR. Apesar disso, os trabalhos não apresentaram uma ampla variância nesses valores.

 

Palavras-chave

Líquido cefalorraquidiano; Valores de Referência; Análise de Dados

Abstract

The cerebrospinal fluid (CSF) is a colorless liquid that circulates the brain and spinal cord through the subarachnoid space, cerebral ventricles and the central canal of the spinal cord. The CSF examination provides important information regarding the etiological diagnosis and monitoring of inflammatory, infectious or neoplastic organs that are involved in this liquid. The examination shall include an analysis of the physical, biochemical and cytological CSF. Setting the ranges of reference is a challenging task for all clinical laboratories, being essential for laboratories provide reliable information that clinicians can correctly interpret the results and choose the best approach towards the assisted population. Searches were conducted in Medline / Pubmed, LILACS / SciELO and Web of Science, looking for articles that presented a theoretical foundation of the CSF with information of reference values of exams researched. Were tabulated values of biochemical tests for glucose, protein, lactate, LDH, ADA, and cytology of leukocytes and erythrocytes. The studies covered in this review showed that there is still no standardization of reference values for CSF examination. Nevertheless, the studies did not show a wide variance in these values.

 

Keywords

Cerebrospinal fluid; Reference Values; Data Analysis

Padrão hormonal feminino: menopausa e terapia de reposição

Jade Oliveira

Maria Helena Peruch

Sabrina Gonçalves

Patricia Haas

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Os hormônios são responsáveis pela integração da atividade de sistemas orgânicos. As mulheres em idade reprodutiva produzem todas as classes de esteroides sexuais, estrógenos, progestinas e androgênios. Níveis normais de estrógenos implicam no desenvolvimento das características sexuais femininas. Alterações rítmicas na secreção dos hormônios femininos e mudanças morfológicas nos ovários e órgãos sexuais são características dos anos reprodutivos das mulheres. A maturação e a diferenciação do epitélio do colo uterino dependem da ação hormonal do estrogênio e progesterona, determinando o predomínio de células de determinado grau de diferenciação, de acordo com a faixa etária e a fase do ciclo menstrual da mulher. O diagnóstico da menopausa é clínico, amenorreia por um ano, com sinais de hipoestrogenemia e níveis séricos elevados de hormônio folículo-estimulante. O principal tratamento para os sintomas da menopausa utiliza estrogênio isolado ou combinado com progesterona para prevenir estímulo endometrial. O estrogênio na reposição hormonal previne osteoporose e sintomas relacionados à diminuição do estradiol. Entretanto, o estrogênio pode levar ao aumento da proliferação celular no útero e mamas, aumentando o risco de desenvolvimento de neoplasias nestas regiões. A terapêutica ideal consiste em uma substância que tenha ação estrogênica sobre o sistema ósseo e urogenital, mas não em útero e mamas.

 

Palavras-chave

Hormônios femininos; Menopausa; Terapia de reposição

Abstract

Hormones are responsible for the integration of the organic systems activities. Women of reproductive age produce all three classes of sex steroids, estrogen, progestin and androgen. Normal levels of estrogens involve female sexual characteristics development. Rhythmic changes of secretion of female hormones and modification in the ovaries and sexual organs are characteristics of the reproductive years in women. The maturation and differentiation of the epithelium of the cervix are dependent on the hormonal action of estrogen and progesterone, determining the predominance of cells of a given degree of cell differentiation, according to age and menstrual cycle phase of woman. The basic diagnosis of menopause is the clinic, amenorrhea for a year, signs of hypoestrogenaemia and elevated serum follicle-stimulating hormone. The main treatment for menopausal symptoms utilizes estrogen, used alone or in combination with progesterone to prevent endometrial stimulation. The estrogen for hormone replacement can prevent osteoporosis and symptoms related to decreased serum estradiol. However, estrogen can lead to increased cell proliferation in the uterus and breasts, increasing the risk of developing uterine cancer. The ideal therapy would be a substance that has estrogenic action in bone and urogenital system, but not in the uterus and breasts.

 

Keywords

Female hormones; Menopause; Replacement therapy

ARTIGO DE ATUALIZAÇÃO / UPDATE

Avaliação do RDW como indicador da deficiência de ferro em pacientes com insuficiência renal crônica submetidos à hemodiálise

Michele da Silva

Neusa Maria da Rosa Couto

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A primeira evidência da deficiência de ferro no hemograma é o aumento do RDW (Red cell distribution width), mesmo antes das reduções na hemoglobina e VCM (Volume Corpuscular Médio). Na anemia de doença crônica, a concentração de ferro sérico pode ser normal, mas não ocorrer liberação deste metal para suprir as necessidades dos eritrócitos e, portanto, não é mantida a hemoglobinização normal. Esta pesquisa avaliou o RDW e a ferritina de 46 pacientes com Insuficiência Renal Crônica (IRC) hemodialisados, com o objetivo de determinar os valores médios do RDW, comparar o RDW dos pacientes com deficiência de ferro e avaliar o RDW como teste para detectar precocemente a deficiência de ferro através da sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivo e negativo. A Correlação de Pearson não mostrou relação entre os parâmetros ferritina e RDW. O parâmetro RDW apresentou baixa sensibilidade e especificidade, 73,6% e 40,7% respectivamente. Os valores preditivos positivo e negativo foram de 46,6% e 68,7% respectivamente. Conclui-se que o RDW é uma ferramenta de rastreamento ineficiente para a detecção precoce da deficiência de ferro nos pacientes com IRC submetidos à hemodiálise, possivelmente devido à reposição de ferro e eritropoetina.

 

Palavras-chave

Anemia; Insuficiência renal crônica; Deficiência de ferro

Abstract

At hemogram, the first evidence of iron deficiency is the increase of the RDW (Red cell distribution width), even before the reductions in hemoglobin and MCV (Mean Corpuscular Volume). In anemia of chronic disease the serum iron quantity may be appropriate, however, it does not occurs enough release from this metal to supply the needs of the erythrocyte and it does not maintain normal hemoglobinization. This research studied the RDW and ferritin of 46 patients with chronic renal failure (CRF) on hemodialysis, with the purpose to determine the mean values of RDW,  compare the RDW of patients with iron deficiency and verify the capacity of RDW to early detect iron deficiency through sensitivity, specificity, and positive negative predictive values. The Pearson Correlation did not showed relation between RDW and ferritin parameters. The RDW parameter presented low sensitivity and specificity, 73,6% and 40,7%, respectively. The positive and negative predictive values were 46,6% and 68,7%, respectively. It was concluded that the RDW is an inefficient screening tool for the detection of iron deficiency in patients with CRF undergoing hemodialysis due to replacement of iron and erythropoietin.

 

Keywords

Anemia; Chronic renal failure; Iron deficiency

ARTIGO ORIGINAL / ORIGINAL ARTICLE

Comparação da atividade de antifúngicos imidazólicos e triazólicos frente a Candida albicans 

Issis Maria Nogueira de Castro

Antônio Alexandre de Vasconcelos Júnior

Francisco Afrânio Cunha

Maria da Conceição dos Santos Oliveira Cunha

Everardo Albuquerque Menezes

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a ação antifúngica de imidazólicos (cetoconazol, clotrimazol e miconazol) e triazólicos (fluconazol, itraconazol e voriconazol) frente a C. albicans. Métodos: Foram utilizadas trinta cepas de C. albicans. Após isolamento, purificação, identificação presuntiva e confirmação da identificação das cepas, estas foram inoculados em placas plásticas estéreis com 96 orifícios contendo as soluções de antifúngicos. Resultados: Após 24 horas a 35°C foi observado visualmente a menor concentração de antifúngico, que causava uma redução de 50% (CIM50) e 90% (CIM90) no crescimento da C. albicans quando comparado com o crescimento sem antifúngico. O fluconazol apresentou a maior CIM50 e CIM90, voriconazol e itraconazol apresentaram as menores CIM50 e CIM90. Conclusão: O miconazol, clotrimazol e cetoconazol apresentaram uma atividade antifúngica importante. No entanto, o miconazol foi o que apresentou menor atividade do grupo dos imidazólicos.

Palavras-chave

Antifúngicos; Candida; Teste de susceptibilidade

Abstract

Objective: The objective of this study was to evaluate the antifungal effect of imidazoles (ketoconazole, clotrimazole and miconazole) and triazoles (fluconazole, itraconazole and voriconazole) against C. albicans. Methods: We used 30 strains of C. albicans. After isolation, purification, identification of strains, they were inoculated in sterile plastic plates with 96 well containing the antifungal solutions. Results: After 24 hours at 35°C was observed visually the lowest concentration of antifungal that caused a 50% (MIC50) and 90% (MIC90) on growth of C. albicans compared to growth without antifungal agent. Fluconazole showed the greatest MIC50 and MIC90, voriconazole and itraconazole had the lowest MIC50 and MIC90. Conclusion: The miconazole, clotrimazole and ketoconazole showed an important antifungal activity. However, miconazole showed the lowest activity group of the imidazole.

 

Keywords

Antifungals; Candida; Susceptiblility Test

Estudo comparativo entre hemocultura automatizada e manual
em um laboratório do sudoeste do Paraná, Brasil

Gabriela Massarotto Guareze

Jardel Cristiano Bordignon

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Comparar a positividade das hemoculturas antes e após a implementação do método automatizado em um laboratório do sudoeste do Paraná, em um determinado período, além de identificar os patógenos encontrados. Métodos: Foram analisados 1.403 laudos de hemoculturas realizadas no período de outubro de 2010 a setembro de 2012 e, em seguida, foram produzidos resultados com a incidência de positividade de hemoculturas manuais e após a automatização, além de se identificarem os patógenos causadores. Resultados: Das 1.403 amostras analisadas, 95 apresentaram resultados positivos (6,8 %). Das 550 hemoculturas realizadas no período em que o método era o manual, 13 (2,4%) foram positivas, enquanto que das 853 realizadas no período em que o método utilizado passou a ser automatizado, 82 (9,6%) foram positivas. Dos patógenos causadores, a maior incidência foi de Escherichia coli (18) sendo 15 no método automatizado e 3 no manual. Na segunda posição, foi encontrado o Staphylococcus coagulase-negativo (15). Desses, 14 foram obtidos empregando o método automatizado. Conclusão: os dados obtidos vão ao encontro das evidências levantadas na literatura, reforçando a maior sensibilidade do método automatizado de hemocultura.

Palavras-chave

Hemocultura; Automação; Infecção hospitalar

Abstract

Objective: To compare the number of positive blood cultures before and after the implementation of the automated method in a laboratory southwestern Paraná in a given period, and identify the pathogens. Methods: We analyzed 1.403 reports from blood cultures performed from October 2010 to September 2012, then made up the result with the incidence of positive blood cultures manual and after automation, and identify causative pathogens. Results: Of the 1.403 samples, 95 were positive (6.8%). Of the 550 blood cultures performed in the period in which the method was manual, 13 (2.4%) were positive, whereas the 853 in the period in which the method was automated, 82 (9.6%) were positive.The Escherichia coli (18) showed the higher incidence of causative agentes. Of these, 15 were obtained by the automatide method and 3 by the manual method. In the second position was found coagulose-negative Staphylococcus (15). Of these, 14 was isolated by the automatic method.  Conclusion: The data meet the evidence raised in the literature, reinforcing the greater sensitivity of automated blood culture method.

 

Keywords

Blood culture; Automation; Hospital infection

Avaliação dos níveis de sICAM-1 em pacientes com doença falciforme

Vanessa Regina Galeazzi

Paulo Roberto Merisio

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Este estudo teve como objetivo verificar os níveis séricos de ICAM-1 em crianças com doença falciforme com crise e sem crise clínica, comparando com um grupo controle saudável. Métodos: As dosagens de sICAM-1 foram realizadas através da técnica de enzimaimunoensaio (ELISA). Resultados: As análises demonstraram aumentos significativos de sICAM-1 em pacientes com doença falciforme em relação ao grupo controle. No entanto, não houve diferenças estatísticas nos níveis desta molécula entre os pacientes com a doença, embora tenha se mostrado aumentada na maioria dos pacientes. sICAM-1 também apresentou uma correlação positiva com a contagem de leucócitos, o que possibilita sugerir que o aumento de leucócitos esteja associado à lesão endotelial nestes pacientes. Conclusão: Sugere-se também que sICAM-1 esteja envolvida no processo de ativação endotelial e vasoclusão, e que a maioria dos pacientes com doença falciforme apresente lesão endotelial mesmo sem estar em crise clínica.

 

Palavras-chave

Anemia falciforme; Elisa; sICAM-1

Abstract

Objective: This study aimed to determine the serum levels of ICAM-1 in children with sickle cell disease with and without clinical crisis, compared with a healthy control group. Methods: Dosages of sICAM-1 were performed by enzyme immunoassay technique (ELISA). Results: The analyzes showed significant increases in sICAM-1 in patients with sickle cell disease in the controlled group, However, there were no statistical differences in the levels of this molecule among patients with the disease, although it has been shown to be elevated in most patients. sICAM-1 also showed a positive correlation with the leukocyte count, which allows to suggest that the increase in leukocytes is associated with endothelial injury in these patients. Conclusion: It is also suggested that sICAM-1 is involved in endothelial activation process vaso-occlusion and that most patients with sickle cell disease present endothelial injury without even being in clinical crisis.

 

Keywords

Sickle cell disease; Elisa; sICAM-1

 

Mulheres com exames citopatológicos alterados: Avaliação do seguimento de acordo com as condutas preconizadas pelo Ministério da Saúde

Suelen Pizzolatto Dalmolin

Geórgia Muccillo Dexheimer

Luciana Knabben de Oliveira Becker Delving

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Verificar se as pacientes com o resultado do Exame Citopatológico (CP) alterado, atendidas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), foram submetidas às condutas preconizadas pelo Ministério da Saúde (MS). Métodos: Pesquisa descritiva e retrospectiva com análise em banco de dados. O estudo foi composto por 5.886 prontuários, no período entre novembro de 2011 e novembro 2014. O programa Microsoft Excel 2007® foi utilizado para a análise dos dados. Resultados: Foram analisados 5.886 prontuários de pacientes que realizaram CP, nos quais 269 apresentaram alterações. Destas, 246 mulheres deveriam retornar em 6 meses, porém, apenas 18 pacientes (7,31%) realizaram a citologia de seguimento no tempo determinado. Das 23 pacientes que deveriam ter realizado a colposcopia, apenas cinco (21,74%) foram encaminhadas seguindo as condutas preconizadas. Conclusão: Verificou-se que a maioria das mulheres com CP alterado não foi submetida às condutas preconizadas pelo MS.

Palavras-chave

Neoplasia; Colo do útero; Sistema Único de Saúde

Abstract

Objetive: To determine whether patients with abnormal citopathological test attended by Basic Health Units were submitted to procedures recommended by the Ministry of Health (MH). Methods: Descriptive study and retrospective analysis in database. The study consisted of 5.886 records in period between November 2011 and November 2014. The Microsoft Excel 2007® software was used for data analysis. Results: 5.886 records were analyzed of patients who had CP test, in which 269 showed changes. 246 women should return in 6 months, but only 18 patients (7.31%) underwent follow-up cytology on time. Of the 23 patients who should have performed colposcopy, only 5 (21.74%) were referred by following the recommended procedures. Conclusion: It was found that most women with abnormal specimens were not subject to procedures recommended by the MH.

 

Keywords

Neoplasm; Uterine cervix; Unified health system

Soroprevalência em doadores de sangue do Vale do Taquari, RS

Fernanda Marca

Luciana Weidlich

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O presente estudo tem como objetivo determinar a soroprevalência em doadores de sangue do Vale do Taquari, buscando identificar dentre os doadores clinicamente aptos à doação de sangue os indivíduos com antígenos ou produção de anticorpos de doenças infecciosas. Métodos: Foi realizado um estudo retrospectivo da prevalência de marcadores sorológicos em doadores de sangue no banco de sangue Hemovale – Centro Hemoterápico Vale do Taquari, localizado em Lajeado, RS. Resultados: A amostra foi composta por 16.965 doadores de sangue no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2010. A partir dos resultados obtidos pode-se perceber que a prevalência de soropositividade foi de 4,38%, destacando-se o teste Anti-HBC (3,2%) como principal causa de descarte sorológico. A faixa etária predominante entre os doadores está compreendida entre 20-29 anos, sendo 60,7% dos doadores eram do sexo masculino e 39,3% do sexo feminino. Conclusão: Apesar da aparente baixa prevalência geral de indivíduos infectados no presente estudo, torna-se necessário observar os resultados para grupos específicos.

Palavras-chave

Doadores de sangue; Prevalência;Testes sorológicos

Abstract

Objective: The present study aims to determine the prevalence in blood donors of Taquari Valley, seeking to identify among the donors medically fit to donate blood to individuals producing antibodies or antigens of infectious disease. Methods: We conducted a retrospective study of the prevalence of serological markers in blood donors at the blood bank Hemovale ­– Center Hemotherapeutic of Taquari Valley, located in Lajeado, RS. Results: The sample consisted of 16.965 blood donors from January 2009 to December 2010. From the results obtained can be seen that the prevalence of seropositivity was 4.38%, highlighting the test Anti-HBC (3.2%) as main reasons for disposal serological. The age distribution among donors is between 20-29 years, 60.7% of donors were male and 39.3% female. Conclusion: Despite the apparent low overall prevalence of infected individuals in this study, it is necessary to observe the results groups.

 

Keywords

Blood donors; Prevalence; Serologic tests

Avaliação da atividade de enzimas hepáticas em dependentes,
ex-dependentes e não usuários do etanol

Elisa Maria Rodriguez Pazinatto Telli

Michele Frigeri

Sandra Regina de Mello

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Avaliar a atividade sérica das enzimas hepáticas AST, ALT, GGT, FAL e Amilase em dependentes do etanol, usuários em abstinência e não usuários do etanol. Métodos: A metodologia utilizada para o presente estudo foi uma pesquisa de abordagem qualitativa e quantitativa. Caracterizou-se como um estudo descritivo, visando descrever as características de determinada população ou fenômeno, ou o estabelecimento de relações entre variáveis. Envolveu o uso de técnicas padronizadas de coleta de dados, que nesse caso foram a aplicação de um questionário pré-elaborado e aplicado aos participantes, com o intuito de delimitar em qual grupo do estudo melhor se encaixavam. Resultados: Neste estudo, os resultados demonstraram que no grupo dos dependentes de etanol, dos 21 voluntários, nove (43%) apresentaram alteração em uma ou mais enzimas hepáticas. No grupo dos ex-dependentes, dos 21 voluntários, quatro pessoas (19%) apresentaram alteração em uma ou mais dosagens das enzimas. Já no grupo controle, dos 21 participantes, dois (9%) apresentaram alguma alteração. Conclusão: Conclui-se que as alterações nas dosagens ocorreram em maior número no grupo de usuários de etanol, em um número reduzido nos dependentes em tratamento, e quase não ocorreram alterações no grupo controle, mostrando que as enzimas hepáticas sinalizam de forma diferenciada entre usuários e não usuários de etanol, e também que as atividades séricas das enzimas AST, ALT, FAL e GGT são alteradas com o uso continuo de etanol. A enzima amilase não se mostrou alterada em nenhuma amostra, apesar de ter uma relação com o consumo de álcool.

Palavras-chave

Etanol; Enzimas hepáticas; Função hepática

Abstract

Evaluate the serum activity of liver enzymes AST, ALT, GGT, FAL and amylase dependent on ethanol, abstinent users and nonusers of etanol. Methods: The methodology used for this study was a qualitative study and quantitative. Characterized as a descriptive study aimed to describe the characteristics of a given population or phenomenon, or the establishment of relationships between variables. Involved the use of standard techniques of data collection, which in this case was the application of a pre-prepared questionnaire and applied to the participants, in order to define which group study best fit. Results: In this study the results showed that the group of dependent ethanol, nine of the 21 volunteers (43%) showed alterations in one or more liver enzymes. In the group of ex-dependent of the 21 volunteers, four people (19%) showed alterations in one or more doses of enzymes. In the control group of 21 participants, two (9%) showed abnormalities. Conclusion: It is concluded that changes in dosage were more frequent in the group of users of ethanol, in a small number of addicts in treatment, and almost no changes occurred in the control group, showing that liver enzymes indicate differently between users and non users of ethanol, and also that the serum activities of AST, ALT, ALP and GGT are changed with the continuous use of ethanol. The amylase enzyme showed no change in any sample, despite having a relationship with the alcohol.

 

Keywords

Ethanol; Hepatic enzymes; Hepatic function

                                                                                

Fatores que influenciam a não realização do exame de Papanicolaou
e o impacto de ações educativas

Aline Gomes de Azevedo

Itamar Bezerra Cavalcante

Jônatas Bezerra Cavalcante

Lucíola Abilio Diniz Melquiades de Medeiros Rolim

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O trabalho teve como objetivo identificar as causas da não realização do exame de Papanicolaou, como também a aplicação de palestras educativas, visando observar se havia mudança na percepção acerca do exame citopatológico. Métodos: A pesquisa foi de caráter descritivo e quantitativo, realizada no município de Brejo do Cruz, PB, onde 97 mulheres responderam a um questionário antes e depois da realização de uma palestra. Resultados: Das participantes da pesquisa, 81% afirmaram ter conhecimento da importância do exame, porém a grande maioria nunca o realizou ou realizou há mais de três anos por vergonha, medo e falta de tempo. Após a palestra, um novo questionário foi aplicado com as mulheres que se fizeram presentes ao evento. Apenas 34% compareceram e relataram a importância das palestras; destas, 97% afirmaram que se submeteriam ao exame. Conclusão: Os principais motivos que levam à não realização do exame de Papanicolaou são medo, vergonha e falta de tempo, sendo as ações educativas de suma importância, pois através delas pode-se alterar a percepção em relação às formas de prevenção do câncer do colo uterino e da frequência de realização do exame de Papanicolaou.

Palavras-chave

Exame de Papanicolaou; Prevenção; Neoplasia; Colo do útero

Abstract

Objective: This work aimed to identify the causes associated with non-performance of Pap smear as well as the implementation of educational lectures, in order to observe if there was change in perception about the Pap test. Methods: It was descriptive and quantitative research, held in the town of Brejo do Cruz – PB, where a questionnaire was administered to 97 women before and after a leccture. Results: 81% affirmed that they had knowledgement about the importance of the Pap Test, but the vast majority reported never having a Pap smear test or has done for more than three years. Among the main barriers against testing, shame, fear and lack of time were the most notable. After the lecture, a new questionnaire was applied with women who were present at the event. Only 34% attended and reported the importance of lectures and 97% reported that they was able to be submit to Pap test. Conclusion: The main barriers against testing was shame, fear and lack of time were. The educational activities were very important, since they were able to change the perception about the prevention of the cervical cancer and in the frequency in doing Pap test.

 

Keywords

Pap semear test; Prevention; Neoplasm; Uterine cervix

Análise de leucócitos em urina de pacientes com uroculturas positivas

Fernando Luiz Affonso Fonseca

Priscila Mendes Santos

Thaís Moura Gáscon Belardo

Alexandre Luiz Affonso Fonseca

Luciana Zambeli Caputto

Beatriz da Costa Aguiar Alves

David Feder

Ligia Ajaime Azzalis

Virginia Berlanga Campos Junqueira

Marcelo Rodrigues Bacci

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 201

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Este estudo analisou se existe relação entre os casos de urocultura positiva com os números de leucócitos aumentados na urina. Métodos: Foram analisadas uroculturas positivas de oitenta  pacientes no Laboratório de Análises Clínicas da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), Santo André, SP, entre outubro de 2012 e fevereiro de 2013. A contagem dos leucócitos foi realizada por meio da sedimentoscopia. Resultados: Das  oitenta uroculturas positivas, 67% pertenceram ao sexo feminino e 50% corresponderam à faixa etária de adultos, seguidos de 49% de idosos. O patógeno mais isolado nas uroculturas positivas foi a Escherichia coli com 47,5%. O número de leucócitos, nas uroculturas positivas para infecção do trato urinário (ITU), foi de 22% para <10.000/mL e 68% >10.000/mL. Estudos mostram que o número de leucócitos é considerado anormal somente acima de 10.000/mL, sugerindo ITU. Conclusão: Os resultados mostraram em uroculturas positivas valores inferiores a 10.000/mL na urina. Assim, propõe-se rever os valores de referência e não descartar a realização da urocultura, mesmo que apresente baixo número de leucócitos.

Palavras-chave

Infecção; Urina; Leucócitos

Abstract

Objective: This study aimed to examine whether there is a relationship between cases of positive urine culture with the numbers of leukocytes. Methods: Positive urine cultures of  eighty patients were analyzed at Clinical Laboratory of the Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), Santo André, SP, from October 2012 to February 2013. The white blood cell count was performed by sediment. Results: Of the eighty positive urine cultures, 67% were female and 50% correspond to the age range of adults, followed by 49% of seniors. The most frequently isolated pathogen in positive urine cultures was Escherichia coli with 47.5%. The number of leukocytes in positive culture urine for urinary infection was from 22% to 10.000/mL and 68% to >10000/mL. Studies show that the number of leukocytes is considered abnormal only above 10.000/mL, suggesting the infection. Conclusion: The results showed positive urine cultures in amounts less than 10000/mL urine. Thus, it is suggested to review the benchmarks and do not rule out the holding of urine culture, even be a low number of leukocytes.

 

Keywords

Infection; Urine; Leukocytes

Importância do controle glicêmico como forma de prevenir complicações crônicas do diabetes mellitus

Lamara Saron da Silveira Medeiros

Lamarta Salomé da Silveira Medeiros

Allana Michely Batista de Morais

Luciola Abílio Díniz Melquíades de Medeiros Rolim

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O presente estudo teve por objetivo correlacionar os valores da HbA1c com o estilo de vida e possíveis complicações crônicas decorrentes do descontrole glicêmico em pacientes diagnosticados com diabetes mellitus tipo II (DMT2). Métodos: A amostra foi constituída por 68 pacientes diabéticos cadastrados no programa Hiperdia das Unidades de Estratégia de Saúde da Família, da cidade de Santa Luzia, Paraíba. Foi aplicado um questionário relacionado ao DMT2 e posteriormente realizada a coleta sanguínea, tendo sido coletada uma amostra de 3 mL de sangue total de cada participante. Após a coleta, a amostra foi transferida para um tubo de ensaio contendo o anticoagulante ácido etilenodiamino tetra-acético (EDTA). Para a realização do teste de HbA1c foi utilizado o método de cromatografia de afinidade ao ácido borônico. Resultados: Dos 68 participantes da pesquisa, 32,4% (22) eram do sexo masculino. Em relação à faixa etária observou-se maior predominância entre idosos com idade acima dos 60 anos, representando 75% (51) dos casos. A maioria dos entrevistados apresentou baixa escolaridade, com ensino fundamental incompleto (55,9%). Quanto à história familiar, 79,4% (54) possuem histórico de diabetes na família. A maioria dos indivíduos 72,1% (49) referiu não realizar nenhum tipo de atividade física, tendo sido observado ainda que 64,7% (41) estavam acima do peso ideal. Da população estudada, 23,5% (16) apresentaram complicações decorrentes do DMT2. Conclusão: Mostra-se necessária a realização de programas educacionais com uma linguagem mais acessível, buscando a compreensão e o interesse da população na adesão ao tratamento.

Palavras-chave

Diabetes mellitus; Estilo de vida; Hiperglicemia

Abstract

Objective: The present study aimed to correlate the HbA1c values to the lifestyle and possible chronic complications resulting from the uncontrolled glucose levels in patients diagnosed with type II diabetes mellitus (T2DM). Methods: The sample was constituted of 68 diabetic patients registered in the HIPERDIA program of the Family Health Strategy Units, of the municipality of Santa Luzia, Paraiba. A questionnaire related to the T2DM was applied and posteriorly the collection of blood was carried out and samples of 3ml of total blood were collected from each participant. After the collection, the sample was transferred to a test tube containing the anticoagulant ethylenediaminetetraacetic acid (EDTA). For the HbA1c test the boronic acid affinity chromatography method was used. Results: Amongst 68 participants of the research, 32.4% (22) were male. In relation to the age group it was observed a greater predominance among the elderly aging above 60 years, representing 75% (51) of the cases. The majority of those interviewed presented low levels of education, with incomplete primary level (55.9%). As for the family history, 79.4% (54) had a history of diabetes in the family. The majority of the individuals 72.1% (49) referred to not carry out any form of physical activity, and was also observed that 64.7% (41) were above the ideal weight. 23.5% (16) of the studied population presented complications resulting from the T2DM. Conclusion: The implementation of educational programs with an accessible language has shown to be necessary, seeking the understanding and interest of the population in the adherence to the treatment.

 

Keywords

Diabetes mellitus; Lifestyle; Hyperglycemia

Soroprevalência da toxoplasmose em pacientes HIV reagentes atendidos pelo SAE/CTA

Jéssica Lopes Fontoura

Renan Melo de Lara

Cintia Regina Mezzomo Borges

Júlio César Miné

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Este trabalho teve como objetivo verificar a soroprevalência da toxoplasmose em pacientes HIV positivos atendidos pelo SAE/CTA do município de Ponta Grossa correlacionando a soropositividade com os dados clínicos dos pacientes, bem como verificar o conhecimento sobre a patologia. Métodos: Resultados: O grupo pesquisado envolveu 38 pacientes, sendo 23 do sexo feminino e 15 do sexo masculino. Do total de pacientes, mais da metade já realizou exames para toxoplasmose (26 pacientes), destes, 84,6% apresentaram sorologia reagente para IgG. Conclusão: Considerando os dados de soroprevalência da toxoplasmose encontrados nos protocolos investigados e a dimensão das consequências da reativação dessa infecção, é nítida a necessidade de um maior acompanhamento bem como a necessidade de informação à população sobre as formas de transmissão.

Palavras-chave

HIV; Toxoplasmose; Encefalite

Abstract

Objective: This work had as objective to verify toxoplasmosis seroprevalence among HIV patients treated at the SAE/CTA of the city of Ponta Grossa, correlating seropositivity to clinical data from patients, as well as to verify their knowledge about HIV patology and it has involved 38 patients. Methods: Results: The surveyed group had 23 women and 15 men. More than half of all the patients have already been tested for toxoplasmosis (26 patients of 38). 85% of these patients are IgG reagente. Conclusion: Considering data of toxoplasmosis soroprevalence found in the protocols surveyed and the magnitude of the consequences of its infection reactivation, the need for a larger monitoring as well as information of the population about the modes of transmission became clear.

Keywords

HIV; Toxoplasmosis; Encephalitis

COMUNICAÇÃO BREVE / SHORT COMMUNICATION

Avaliação da eficácia de corantes citológicos frente à sedimentoscopia urinária

Ana Cássia Saldanha de Souza Bernardino

Allan Demétrius Leite de Oliveira

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Trata-se de um estudo descritivo-analítico, realizado com cinquenta amostras urinárias de pacientes que se submeteram ao exame de urina em um laboratório da cidade de Juazeiro do Norte, CE. Métodos: Para cada amostra foram utilizados seis tubos. As amostras foram avaliadas seguindo duas metodologias distintas. Uma metodologia padronizada, com o uso ou não de corantes (azul de toluidina, Sternheimer-Malbin, Leishman e Giensa), e outra metodologia não padronizada quanto à quantidade de sedimento, ausência de corantes e de lamínulas, com o intuito de verificar a eficácia de diferentes corantes e confirmar a importância de se seguir padrões durante as análises laboratoriais de urina. Resultados e Conclusão: Os resultados apresentados sugerem que a utilização de padrões analíticos, bem como o uso de corantes em análises microscópicas de urina, pode ser uma opção eficaz e segura para os laboratórios de análises.

 

Palavras-chave

Urinálise; Sedimentoscopia; Controle de qualidade

Abstract

Objective: This is a descriptive-analytical study carried out with 50 urine samples from patients who underwent urinalysis in a laboratory in the city of Juazeiro,CE. Methods: Six tubes were used for each sample. The samples were evaluated following two different methodologies. A standardized methodology using or no dyes (toluidine blue, Sternheimer-Malbin, Leishman and Giensa), and other non-standardized methodology in relation to the amount of sediment, absence of dyes and coverslips, in order to verify the effectiveness of different dyes and to confirm the importance of following standards during urine laboratory tests. Results and Conclusion: The results suggest that the use of analytical standards as well as the use of dyes in urine microscopic analyses can be an effective and safe option for clinical analysis laboratories.

 

Keywords

Urinalysis; Sedimentoscopy; Quality control

Prevalência de enteroparasitas em pacientes atendidos em um laboratório de Novo Hamburgo, RS

Vanessa Ludwig

Rejane Giacomelli Tavares

Maclóvia Maria Rosso Martins

Andréia Maria Ida Sopelsa

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de enteroparasitas em pacientes atendidos em laboratório de Novo Hamburgo, RS. Método: Avaliação de laudos para levantamento epidemiológico. Resultados: Dos 15.360 laudos de EPF analisados, 2.390 (15,6%) amostras foram positivas para enteroparasitas; destas, 45,1% eram do sexo masculino e 54,9% do sexo feminino. Foram encontradas 16 espécies de parasitas intestinais, sendo os mais prevalentes o Endolimax nana (44,4%), Entamoeba coli (25,2%), Strongyloides stercoralis (19,9%) e Giardia lamblia (19,1%). Quanto à múltipla infecção, 2.045 (85,6%) estavam monoparasitadas, 304 (12,7%) biparasitadas e 38 (1,5%) poliparasitadas. Houve uma positividade maior em amostras na faixa etária de 0 a 10 anos, com 784 amostras positivas (32,8%), havendo uma diferença significativa (c2=97,77; p=0,000) em relação às demais. No ano de 2010 observamos um percentual maior de positividade (17,8%), embora este estudo tenha sido realizado até o mês de setembro deste ano. Conclusão: Estes resultados sugerem que investimentos em infraestrutura básica e a adoção de políticas voltadas para melhorar a educação familiar poderiam contribuir significativamente na redução da prevalência das parasitoses intestinais.

Palavras-chave

Exames médicos; Incidência; Exames parasitológicos

Abstract

Objective: The aim of this study was to verify the prevalence on patients attended in a laboratory in Novo Hamburgo, RS. Methods: Evaluation of reports to analyzing epidemiological data. Results: Out of the 15.360 reports analyzed, 2.390 (15,6%) were found to be positive for the presence of intestinal parasites. The male gender positivity was 45,1% of the samples and 54,9% for female gender. In positive samples, 16 different intestinal parasites were found. The most frequent were Endolimax nana (44,4%), Entamoeba coli (25,2%), Strongyloides stercoralis (19,9%) and Giardia lamblia (19,1%). Out of 2 390 positive samples 2 045 (85,6%) had a single parasite, 304 (12,7%) had two parasites and 38 (1,5%) had multiple parasites. The higher positivity was observed in subjects 0 to 10 years-old, being 784 (32,8%) positive samples, showing a significant difference (c2 = 97,77; p = 0,000) related to others age groups. In 2010, a higher positivity percentage was noticed (17,8%), although this study had been performed until September of the current year. Conclusion: These results suggest that investments in sanitary structure and the adoption of policies to improve family education could help significantly in reducing the prevalence of intestinal parasites.

 

Keywords

Medical records; Incidence; Parasitological exams

Pesquisa de bacilos Gram negativos não fermentadores no interior do corpo de torneiras de um hospital público de Volta Redonda, RJ

Hellen Avelar Duarte

Ester Albuquerque Lourenço

Nathália Cristinne Pereira de Souza

Leoni Ferreira da Silva

Gabriel José Ribeiro

Jéssica Rizkalla Correa Medeiros

Carlos Alberto Sanches Pereira

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 48 No. 3 Set./Out. 2016

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O presente trabalho teve como objetivo o isolamento e a identificação de bacilos Gram negativos não fermentadores presentes no interior do “corpo” das torneiras em um hospital público de Volta Redonda, RJ. Métodos: Para tanto, foram coletados com auxílio de swabs material biológico do interior do corpo de 225 torneiras desse hospital. Após a coleta, o material foi armazenado em meio de transporte à temperatura ambiente e processado. Dessa forma, os mesmos foram semeados em placas de Petri, contendo agar MacConkey e agar Sangue. As placas foram incubadas por até 48 horas a 37°C. Resultados: Das 225 amostras analisadas, 65 (28%) apresentaram crescimento microbiano e 160 não exibiram crescimento algum. Dos 65 microrganismos encontrados, 22 (25%) eram bacilos Gram negativos não fermentadores. Conclusão: A partir dos resultados encontrados, o gênero Pseudomonas é o principal colonizador de torneiras hospitalares.

Palavras-chave

Bactérias Gram negativas; Hospital; Torneiras; Contaminação

Abstract

Objective: The present work had as objective the isolation and identification of Gram negative non-fermenting bacilli present inside the body of the taps in a public hospital in Volta Redonda, RJ. Methods: using swabs, they were collected biological material from 225 tap bodies of this hospital. After collecting the material was stored in transport medium at room temperature and processed. Thus, they were seeded in Petri plates containing MacConkey agar and blood agar. The plates were incubated for 48 hours at 37°C. Results: Of the 225 analyzed samples, 65 (28%) had bacterial growth and 160 showed no growth. Of the 65 micro-organisms found, 22 (25%) were Gram negative non-fermenters. Conclusion: By the found results, the Pseudomonas genus is the main colonizer of tap bodies.

 

Keywords

Gram negative bacteria; Hospital; Taps; Contamination