Edição Atual - NOVEMBRO/DEZEMBRO

VOLUME 49 – Nº 04 | ANO 2017

Baixar a versão completa em PDF

CARTA DO PRESIDENTE

SBAC de 1967 a 2017, rumo ao futuro

Dr. Luiz Fernando Barcelos

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Texto completo (PDF)

EDITORIAL

Telemicrobiologia: O telediagnóstico do futuro

Prof. Dr. Paulo Murillo Neufeld

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Texto completo (PDF)

ARTIGO DE REVISÃO

Toxoplasmose gestacional: uma revisão

Débora Liliane Walcher

Bruna Comparsi

Débora Pedroso

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A toxoplasmose é uma das infecções parasitárias mais comuns em humanos e possui ampla distribuição geográfica. Segundo estudos realizados no Brasil, a soroprevalência de toxoplasmose na população adulta em geral varia aproximadamente entre 40% e 80%, sendo que, no Rio Grande do Sul, cerca de 82% da população adulta apresenta sorologia positiva para o Toxoplasma gondii. A soroprevalência varia conforme as regiões de estudo, sobretudo quando relacionadas a condições sanitárias e índices socioeconômicos. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão bibliográfica sobre a toxoplasmose adquirida durante a gestação. A transmissão vertical apresenta relevância pelos danos causados ao neonato, como doença severa ou discreta. Entretanto, a toxoplasmose congênita ou suas sequelas podem ser evitadas. Definir os fatores de risco em cada população é de fundamental importância para determinar as estratégias de promoção à saúde. Estratégias essas que devem ser baseadas no conhecimento dos fatores que afetam o comportamento das gestantes. Oportunizar palestras de prevenção por meio de medidas profiláticas e acompanhamento pré-natal, seguidas de monitoramento trimestral, certamente ajudarão a reduzir os danos causados pela infecção congênita, evitando sequelas ao neonato.

 

Palavras-chave

Toxoplasmose; Gravidez; Prevenção

Abstract

Toxoplasmosis is one of the most common parasitic infections in humans and is widely spread. According to studies carried out in Brazil, the seroprevalence of toxoplasmosis in the adult general population varies between approximately 40 and 80%, and in Rio Grande do Sul, about 82% of the adult population is seropositive for Toxoplasma gondii. The prevalence varies according to the region of study, especially when related to health conditions and socioeconomic indices. The aim of this study was to review literature on acquired toxoplasmosis during pregnancy. Vertical transmission has relevance for damage to the neonate, such as severe or mild disease. However congenital toxoplasmosis and its consequences can be avoided. Define the risk factors in each population is of fundamental importance to determine strategies for health promotion. These strategies should be based on knowledge of the factors affecting the behavior of pregnant women. Oportunizar lectures prevention through prophylactic measures, and put prenatal followed by quarterly monitoring, will certainly help to reduce the damage caused by congenital infection, preventing sequela e for the newborn.

Keywords

Toxoplasmosis; Pregnancy; Prevention

Utilização da contagem automatizada de granulócitos imaturos para diagnóstico da sepse

Vanessa Simone Carvalho Pereira

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Sepse é a presença de bactérias ou seus produtos tóxicos no sangue, levando ao surgimento de manifestações clínicas, por vezes de difícil prognóstico. Com grande incidência nos Estados Unidos e no Brasil, a sepse vem preocupando cada vez mais os profissionais da área de saúde e exigindo seu diagnóstico rapidamente. O aparecimento de células imaturas no sangue, granulócitos imaturos, pode ser indício de presença de sepse e a contagem dessas células sanguíneas é feita de forma automatizada através de citometria de fluxo. A detecção dessas células imaturas vem ganhando espaço nos laboratórios de análises clínicas para que o diagnóstico seja mais específico, iniciando uma terapêutica de forma rápida e eficaz.

Palavras-chave

Sepse; Citometria de fluxo; Granulócitos; Bactérias; Automação

Abstract

Sepsis is the presence of bacteria and their toxic products in the blood, leading to the appearance of clinical symptoms sometimes difficult to predict. Which are prevalent in the United States and Brazil, sepsis is increasingly concerned health professionals and demanding diagnosis quickly. The appearance of immature blood cells, Immature granulocytes, may indicate the presence of sepsis and counting these blood cells is made in an automated way via flow cytometry. Detection of these immature cells has been gaining ground in Clinical Analysis laboratories for the diagnosis to be more specific, starting a therapy quickly and effectively.

Keywords

Sepsis; Flow cytometry; Granulocytes; Bacterial infections; Automation

Tratamento da fase crônica da Doença de Chagas: revisão sistemática

Larissa Lima Mendes

Mariana Santos da Silva

Ana Luisa Oenning Martins

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A tripanossomíase americana, mais conhecida como Doença de Chagas (DC), tem por agente causal o Trypanosoma cruzi (T. cruzi). Para efeitos práticos, o tratamento da DC pressupõe uma terapêutica específica e sintomática, embora haja divergências quanto às porcentagens de cura no tratamento etiológico da DC. Objetivo: Realizar uma revisão sistemática da literatura avaliando a eficácia do tratamento durante a fase crônica da DC. Métodos: Revisão sistemática da literatura nas bases de dados: Medline, Lilacs, Cochrane e SciELO, para identificar estudos relevantes, utilizando os descritores “Chagas disease AND treatment”, “trypanossomiasis AND treatment”, “Chagas disease AND benzonidazole” e “trypanossomiasis AND benzonidazole”, onde foram avaliados os artigos publicados nos últimos dez anos. Para avaliação da qualidade metodológica dos ensaios clínicos randomizados controlados utilizou-se o escore Jadad, e para estudos observacionais, o instrumento de avaliação crítica utilizado foi a escala de avaliação Newcastle-Ottawa. Resultados: Foram encontrados 1.645 artigos nas diferentes bases de dados, sendo quatro incluídos para análise (dois ensaios clínicos randomizados e dois estudos caso controle). Conclusão: Os resultados demonstram que o tratamento etiológico da DC pode trazer benefícios durante a progressão clínica da doença e fornecer melhor prognóstico para os pacientes, particularmente quando administrados na forma indeterminada da doença.

 

Palavras-chave

Doença de Chagas; Trypanosoma cruzi; Antiparasitários

Abstract

The American trypanosomiasis, known as Chagas’ disease (CD), is the causative agent Trypanosoma cruzi (T. cruzi). For practical purposes, treatment of DC requires a specific and symptomatic therapy, although there is disagreement about the cure rates in the etiological treatment of CD. Objective: To perform a systematic review of the literature evaluating the effectiveness of treatment during the chronic phase of CD. Methods: Systematic Review of the literature in databases: Medline, Lilacs, Cochrane and SciELO, to identify relevant studies using the keywords “Chagas disease AND treatment”, “trypanossomiasis AND treatment”, “Chagas disease benznidazole AND” and “trypanossomiasis AND benznidazole” that evaluated the articles published in the last 10 years. To assess the methodological quality of randomized controlled trials used the Jadad score and observational studies, the critical assessment instrument was the rating scale Newcastle-Ottawa. Results: We found 1.645 articles in different databases, four included for analysis (two randomized clinical trials and two case-control study). Conclusion: The results demonstrate that the etiological treatment of DC may benefit during the clinical progression of the disease and provide better prognosis for patients, particularly when administered in the indeterminate form of the disease.

Keywords

Chagas disease; Trypanosoma cruzi; Antiparasitic agents

Técnicas de recomposição de componentes do sangue para fins terapêuticos

Karine Watanabe Oliveira Rocha

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

O uso de técnicas de recomposição de componentes do sangue para fins terapêuticos sem a necessidade de transfusão de sangue apresenta uma grande perspectiva de desenvolvimento futuro. A preocupação com a redução das necessidades de transfusão de sangue e derivados nos períodos trans e pós-operatórios sempre existiu devido à incidência de complicações correlatas às transfusões, principalmente com o risco de transmissão de doenças, como a AIDS, hepatite, malária e doença de Chagas. Todas as medidas que possam ser usadas para que haja a redução do volume de sangue transfundido são válidas, por isso esse artigo tem como objetivo identificar as estratégias clínicas existentes e assim foram analisados todos os métodos e alternativas disponíveis, como o uso da eritropoetina recombinante humana (rhEPO), a doação autóloga, uso de hemoderivados e as soluções carreadoras de oxigênio. Para o século XXI, haverá grandes mudanças em relação às estratégias clínicas com um grande foco no aperfeiçoamento da segurança e aumento de produtos hemoderivados.

 

Palavras-chave

Eritropoetina; Transfusão de sangue autóloga; Medicamentos hemoderivados

Abstract

The use of techniques of restoration of blood constituents for therapeutic purposes without the need for blood transfusion presents a great prospect  for future development. The concern with reducing the need for blood transfusion and derivatives in trans-and post-operative has always existed due to the incidence of complications related to transfusions, especially with the risk of transmission of diseases such as AIDS, hepatitis, malaria and Chagas illness. All measures that may be used so that there is a reduction in the volume of blood transfused are valid, so this article aims to identify existing clinical strategies and so all methods and alternatives, such as the use of recombinant human erythropoietin (rhEPO), were analyzed autologous donation, blood transfusion and oxygen-carrying solutions. For the twenty-first century, there will be major changes in relation to clinical strategies with a major focus on improving safety and increasing blood products.

Keywords

Erythropoietin; Autologous blood transfusion; Hemoderivative drugs

Imunoterapia específica para o tratamento de alergias respiratórias: uma revisão sobre seu uso

Tamine Jandrey da Rosa

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A imunoterapia específica vem, há mais de 100 anos, sendo utilizada para o tratamento de alergias respiratórias, as quais têm crescente ocorrência no mundo todo e atualmente atingem aproximadamente 40% da população mundial, acarretando prejuízos à qualidade de vida da pessoa portadora destas afecções. Essa terapia visa reduzir a sensibilização do indivíduo a determinados alérgenos e tem se mostrado eficaz em longo prazo. Neste âmbito, o presente artigo realiza uma revisão na literatura científica sobre o tema, buscando discutir a eficácia clínica da imunoterapia específica, bem como a revisão de seu mecanismo de ação, indicações e contraindicações, extratos de alérgenos e vias de administração.

Palavras-chave

Imunoterapia; Hipersensibilidade; Asma; Rinite; Alérgenos

Abstract

Specific immunotherapy has, more than 100 years, being used for the treatment of respiratory allergies, which have increased occurrence worldwide and currently reaches approximately 40% of the world population, causing damages the quality of life of the person with these conditions. This therapy aims to reduce the awareness of the individual to certain allergens and has been proven effective in the long term. In this context, this article provides an overview on the scientific literature on the subject, trying to discuss the clinical efficacy of specific immunotherapy, as well as a review of its mechanism of action, indications and contraindications, allergen extracts and routes of administration.

Keywords

Immunotherapy; Hipersensibility; Asthma; Rhinitis; Allergens

Síndrome de hiperinfecção e/ou disseminação por Strongyloides stercoralis em pacientes imunodeprimidos

Danielle Guimarães Araújo

Caio Mauricio Mendes de Cordova

Marcelo Eduardo Ferreira Oliveira

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

A estrongiloidíase é causada principalmente pelo Strongyloides stercoralis, que afeta cerca de 30 a 100 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo encontrada com maior frequência em países de clima tropical e subtropical. Usualmente, as infecções causadas por esse parasita são crônicas e assintomáticas, podendo persistir por décadas sem ser diagnosticada. Porém, em indivíduos imunodeprimidos, essa infecção pode se desenvolver para quadros mais graves como hiperinfecção e/ou disseminação, considerados como as formas que causam maior índice de mortalidade. Este trabalho relata, a partir de uma revisão da literatura, a associação do desenvolvimento da infecção causada pelo Strongyloides stercoralis em imunodeprimidos e a capacidade de evolução do parasita em indivíduos que fazem uso de corticosteroidoterapia, ressaltando a importância do diagnóstico precoce para evitar as formas graves da doença.

 

Palavras-chave

Estrongiloidíase; Strongyloides stercoralis; Imunocomprometimento

Abstract

The Strongyloidiasis is mainly caused by strongyloides stercoralis which affects about 30 to 100 million people around the world, being found in greater frequency in countries with tropical and subtropical climates. Usually, the infections caused by this parasite are asymptomatic and chronic, that can persist for decades without being diagnosed. However, in immunocompromised individuals this infection can develop into more serious conditions such as hyperinfection and/or dissemination, considered the ways that cause the highest mortality rates. This paper reports the association of the development of infection caused by Strongyloides stercoralis in immunosuppressed and the development capacity of the parasite in individuals who make use of corticosteroidoterapia from a literature review, emphasizing the importance of early diagnosis to prevent severe forms of the disease.

 

Keywords

Strongyloidiasis; Strongyloides stercoralis; Immunocompromise

ARTIGO DE ATUALIZAÇÃO

Citocinas de resposta Th1 e Th2 e diabetes mellitus tipo 1

Roberta Nunes

Caio Mauricio Mendes de Cordova

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

O diabetes mellitus tipo 1 (DM1) é uma doença autoimune crônica, onde as células T autorreativas destroem as células beta pancreáticas levando à dependência de insulina exógena. Para o desenvolvimento do DM1 são necessárias numerosas interações entre as células do sistema imunológico, principalmente mediadas por citocinas de resposta T helper 1 (Th1) e T helper 2 (Th2). O presente estudo teve como objetivo analisar a relação das citocinas de resposta Th1 e Th2 no desenvolvimento do DM1 por meio de uma revisão de literatura, avaliando artigos científicos eletrônicos publicados entre os anos de 2001 e 2016, além de livros de imunologia aplicados à clínica. Diversos estudos na literatura demonstram que o perfil de secreção de citocinas durante o desenvolvimento do DM1 é de padrão Th1 onde temos como principais constituintes a IL-2 e o IFN-y. Já as citocinas de resposta Th2, compostas basicamente pela IL-4, IL-6 e IL-10, são responsáveis por bloquear a evolução do DM1. Através desses dados conclui-se que o entendimento dos aspectos imunológicos constitui a base para detecção e prevenção do DM1, sendo a disponibilidade de citocinas clonadas e purificadas uma nova perspectiva para terapias clínicas específicas para modular a resposta imune.

 

Palavras-chave

Citocinas; Th1 e Th2; Diabetes mellitus tipo 1

Abstract

Type 1 diabetes mellitus (DM1) is a chronic autoimmune disease, where as autoreactive T cells destroy as pancreatic beta cells leading to exogenous insulin dependence. For the development of DM1, interactions between immune system cells, mainly mediated by cytokines of T helper 1 (Th1) and T helper 2 (Th2) are required. The present study aimed to analyze the relationship of Th1 and Th2 response cytokines in the development of DM1, through a review of the literature, evaluating electronic scientific articles published between 2001 and 2016, as well as immunology books applied to the clinic. Several studies in the literature demonstrate that the cytokine secretion profile during the development of DM1 is of the Th1 pattern where we have as main constituent of IL-2 and IFN-g. As Th2 response cytokines, composed mainly of IL-4, IL-6 and IL-10, they are responsible for blocking the progression of DM1. Through conclusive data, it is a point of view for the prevention of DM1. With the availability of cloned and purified cytokines a new perspective for specific clinical therapies to modulate the immune response.

Keywords

Cytokins; Th1 e Th2 cells: Type 1 Diabetes Mellitus

ARTIGO ORIGINAL

Avaliação da presença de anemia e de deficiência de ferritina em crianças

Ana Carolliny Fernandes Faria

Letícia Gonçalves Resende Pereira

Pâmela Alves Silva

Roberta Angélica da Silva Heitor

Wander Valadares de Oliveira Júnior

Caroline Pereira Domingueti

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo foi comparar a presença de anemia definida por níveis reduzidos de hemoglobina com a deficiência de ferritina em crianças. Métodos: Foram incluídas 124 crianças com idade entre 6 e 8 anos, estudantes do ensino fundamental das escolas municipais de Divinópolis-MG. Foram determinados os níveis de hemoglobina e ferro sérico por método colorimétrico e os níveis de ferritina por turbidimetria, e foi avaliado o hematócrito. Resultados: Dentre as crianças avaliadas, 25% apresentaram anemia, definida por níveis de hemoglobina inferiores a 11,5 g/dL, e 18% apresentaram níveis de ferritina inferiores a 7 µg/L, o que caracteriza deficiência de ferro. Foi observada uma proporção significativa de crianças com hemoglobina abaixo de 11,5 g/dL que possuem níveis normais de ferritina, o que pode ser explicado pela presença de outras anemias comuns na infância. Também foi observada uma proporção significativa de crianças com níveis de ferritina abaixo de 7 µg/L que possuem níveis normais de hemoglobina, o que se justifica pelo fato de que a ferritina consiste em um marcador mais sensível para a detecção dos estágios iniciais da deficiência de ferro. Conclusão: Como a ferritina consiste em um marcador mais sensível e mais específico para avaliação da deficiência de ferro do que a dosagem da hemoglobina, seria importante incluí-la na avaliação da anemia ferropriva em crianças.

 

Palavras-chave

Anemia ferropriva; Criança; Ferritinas; Hemoglobinas

Abstract

Objective: The aim of this study was to compare the presence of anemia evaluated by reduced levels of hemoglobin with ferritin deficiency in children. Methods: It was included 124 children aged between 6 and 8 years old, students of public elementary schools in Divinópolis-MG. Hemoglobin and serum iron levels were determined by colorimetric method and ferritin levels by turbidimetry, and hematocrit was evaluated. Results: Among the children evaluated, 25% had anemia, defined by hemoglobin levels below 11.5 g/dL, and 18% had ferritin levels below 7 µg/L, which characterizes iron deficiency. It was observed a significant proportion of children with hemoglobin levels under 11.5 g/dL who have normal ferritin levels, which can be explained by the presence of other common childhood anemias. It was also observed a significant proportion of children with ferritin levels under 7 µg/L who have normal levels of hemoglobin, which is justified by the fact that ferritin consists of a more sensitive biomarker for the detection of early stages of iron deficiency. Conclusion: As ferritin consists of a more sensitive and specific biomarker for iron deficiency evaluation than the hemoglobin dosage, it is important to include it in the evaluation of iron deficiency anemia in children.

Keywords

Anemia, Iron-deficiency; Child; Ferritins; Hemoglobins

Susceptibilidade antimicrobiana de bactérias isoladas de colchões hospitalares

Suelen Mahl

Eliandra Mirlei Rossi

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Avaliar a contaminação microbiológica por S.aureus e P. aeruginosa de colchões hospitalares antes e depois da desinfecção, bem como verificar susceptibilidade aos antimicrobianos das cepas isoladas. Métodos: As coletas nos hospitais foram realizadas com swabs umedecidos em solução fisiológica, os quais foram friccionados sob 134 colchões. As amostras foram semeadas em Ágar Sangue, Sal manitol, Cetrimide e Padrão para Contagem. No antibiograma foi usado o método de disco-difusão de acordo com as normas do CLSI. Resultados: Os resultados demonstraram que não houve contaminação dos colchões por S. aureus e P. aeruginosa, porém, em 128 colchões foi encontrada a Staphylococcus coagulase negativa e em seis foram encontradas cepas de Enterobacter sp. O perfil de susceptibilidade demonstrou que 83,60% das cepas de Staphylococcus coagulase negativa foram resistentes à oxacilina e 93,44% resistentes para penicilina G, enquanto que, para Enterobacter sp., 100% das cepas foram resistentes para ampicilina e ao imipenem respectivamente. Conclusão: Esses resultados permitem concluir que os colchões de hospitais podem conter microrganismos resistentes a antimicrobianos que, consequentemente, podem constituir um problema hospitalar.

Palavras-chave

Leitos; Farmacorresistência bacteriana; Bactérias; Desinfecção

Abstract

Objective: Evaluate the microbiological contamination of S. aureus and P. aeruginosa of hospital mattresses before and after disinfection. The susceptibility of isolated strains was also verified. Methods: Hospital collections were made with swabs moistened with physiological solution, which were rubbed under 134 mattresses. Samples were seeded in Blood Agar, Mannitol Salt, Cetrimide and Plate Count Agar. In the antibiogram the disc-diffusion method was used according to CLSI standards. Results: The results showed that there was no contamination of the mattresses by S. aureus and P. aeruginosa, but in 128 mattresses Staphylococcus negative coagulase and six strains of Enterobacter sp. The susceptibility profile showed that 83.60% of strains of Staphylococcus negative coagulase were resistant to oxacillin and 93.44% resistant to penicillin G, whereas for Enterobacter sp. 100% of the strains were resistant to ampicillin and imipenem respectively. Conclusion: These results allow us to conclude that hospital mattresses may contain antimicrobial resistant microorganisms, which may be a hospital problem.

 

Keywords

Beds; Drug resistance; Bacteria; Disinfection

Staphylococcus lugdunensis em hemoculturas: perfil de  susceptibilidade aos antimicrobianos

Danielle Guimarães Araújo

Marcelo Eduardo Ferreira Oliveira

Sibele Ribeiro de Oliveira

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Determinar o perfil de sensibilidade e resistência de antimicrobianos frente a Staphylococcus lugdunensis isolados de hemoculturas de um hospital de emergência. Métodos: Amostras de hemocultura foram aspiradas e semeadas no meio de cultura ágar Sangue de Carneiro. Foi realizado o teste de catalase para identificação do gênero Staphylococcus sp. e, para identificação fenotípica de espécies de interesse clínico, as amostras foram submetidas aos testes de DNase, Novobiocina e PYR. Para análise do perfil de sensibilidade e resistência, o antibiograma foi utilizado. Resultados: Das 95 hemoculturas analisadas, 92% mostraram crescimento bacteriano. Destas, 6% foram identificadas como Staphylococcus lugdunensis, mostrando-se resistentes a cefoxitina, eritromicina, clindamicina e tetraciclina. A sensibilidade ocorreu frente à nitrofurantoína e linezolida. Conclusão: O achado de Staphylococcus lugdunensis foi um dado relevante, uma vez que trabalhos envolvendo esta espécie são escassos. O S. lugdunensis é um patógeno emergente, com elevado potencial agressor. Dessa forma, sua correta identificação laboratorial, bem como o monitoramento do perfil de susceptibilidade e resistência, podem contribuir com um melhor direcionamento de medidas de controle da infecção, principalmente em hospitais.

 

Palavras-chave

Staphylococcus lugdunensis; Infecção hospitalar; Antibacterianos

Abstract

Objective: To determine the sensibility and resistance profile of sensitivity and resistance of antimicrobials in front of Staphylococcus Lugdunensis isolated in blood cultures from an emergency hospital. Methods: Blood culture samples were aspirated and seeded in Blood sheep agar. The catalase test was performed to identify the genus Staphylococcus sp. and for the phenotypic identification of species of clinical interest, the samples were submitted to DNase, Novobiocin and PYR tests. For the analysis of the sensitivity and resistance profile, the antibiogram was used. Results: From the 95 blood cultures analyzed, 92% showed bacterial growth. Of these, 6% were identified as Staphylococcus lugdunensis, showing resistant to cefoxitin, erythromycin, clindamycin and tetracycline. Sensitivity has occurred front the nitrofurantoin and linezolid. Conclusion: The finding of Staphylococcus lugdunensis was a very important data, since works involving this species are scarce. S. lugdunensis is an emerging pathogen with high aggressive potential. Thus, its correct laboratory identification, as well as the monitoring of the susceptibility and resistance profile, can contribute with a better targeting of infection control measures, especially in hospitals.

 

Keywords

Staphylococcus lugdunensis; Cross infection; Antibacterial

Perfil de sensibilidade antimicrobiana em urinoculturas de um hospital universitário do estado do Ceará no período de janeiro a junho de 2015

Darcielle Bruna Dias Elias

Adriana Claudia de Sousa Ribeiro

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Caracterizar o perfil dos principais microrganismos isolados estabelecendo uma relação dos antimicrobianos com melhor sensibilidade e maior resistência para os microrganismos mais prevalentes. Métodos: Realizou-se um estudo retrospectivo quantitativo baseado na análise do banco de dados. A pesquisa incluiu todos os indivíduos com uroculturas positivas realizadas nos meses de janeiro a junho de 2015 para a prevalência dos isolados. Os microrganismos isolados foram identificados e avaliados quanto à sensibilidade antimicrobiana por meio do equipamento Vitek II Compact (Biomérieux). Resultados: Observou-se uma prevalência de infecção do trato urinário (ITU) em indivíduos do sexo feminino. Os bacilos Gram-negativos foram os principais agentes causadores de ITU, principalmente as enterobactérias; destas, a mais prevalente foi Escherichia coli com o índice de 39,10% . Quanto à resistência encontramos nos Gram positivos uma maior taxa de resistência, frente aos antibióticos testados, o Staphylococcus saprophyticus com 100% no ácido fusídico, penicilina e ampicilina e 83% frente à eritromicina. Nos Gram- negativos encontramos as Pseudomonas, como microrganismos mais resistentes frente a todos os antimicrobianos testados, restando somente a amicacina com 80% de sensibilidade e ertapenem como melhor indicativo de tratamento. Conclusão: Conclui-se que o monitoramento da resistência e o estudo do perfil de sensibilidade das bactérias patogênicas contribuem com o acompanhamento farmacoterapêutico dos pacientes.

 

Palavras-chave

Antibacterianos; Testes de sensibilidade; Disco-difusão; Prevalência; Infecções urinárias

Abstract

Objective: To characterize the profile of the main isolated microorganisms establishing a relation of antimicrobials with better sensitivity and greater resistance for the most prevalent microorganisms. Methods: A quantitative retrospective study was carried out based on the analysis of the database. The survey includes all individuals with positive urocultures performed from January to June 2015 for the prevalence of isolates. The isolated microorganisms were identified and evaluated for antimicrobial sensitivity through the Vitek II Compact (Biomérieux) equipment. Results: A prevalence of UTI was observed in female subjects. Gram negative bacilli were the main causative agents of UTI, especially enterobacteria, of which the most prevalent was Escherichia coli with a rate of 39.10%. As resistance was found in the Gram positive bacteria with the highest resistance against the antibiotics tested was Staphylococcus saprophyticus 100% in fusidic acid, penicillin and ampicillin, 83% against erythromycin. In Gram negative we found Pseudomonas aeruginosa as the most resistant microorganisms against all antimicrobials tested, leaving only amicacine with 80% sensitivity and ertapenem as the best indication of treatment. Conclusion: It is concluded that the monitoring of resistance and the study of the sensitivity profile of the pathogenic bacteria contribute to the pharmacotherapeutic follow-up of the patients.

Keywords

Antimicrobial; Susceptibility tests; Disk diffusion; Prevalence; Urinary tract infections

Qualidade microbiológica da couve-manteiga (Brassica oleracea L.) minimamente processada comercializada em supermercado na cidade de Marília-SP

Kely Braga Imamura

Tatiane Cristina Ferreira

Juliana Audi Giannoni

Cláudia Dorta

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 Nº 4 Nov./Dez. 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: A produção de frutos e hortaliças minimamente processados vem apresentando crescimento relevante nos últimos anos em razão da acentuada mudança nos hábitos alimentares dos consumidores, que estão em busca de conveniência, praticidade e uma dieta rica em alimentos saudáveis. O objetivo deste estudo foi analisar as características microbiológicas da couve-manteiga minimamente processada comercializada em supermercado na cidade de Marília-SP. Este estudo teve também o intuito de mostrar aos fabricantes e consumidores a importância do controle de qualidade nas etapas do processamento mínimo e os riscos que as contaminações podem causar à saúde dos consumidores. Métodos: Foram realizadas análises microbiológicas, de coliformes totais e termotolerantes, Salmonella spp. e Staphylococcus coagulase positiva em três marcas de couve-manteiga minimamente processada, coletadas de forma aleatória, comer­cializadas na cidade de Marília-SP. Resultados: A partir dos resultados obtidos nas análises microbiológicas verificou-se que a amostra C2 da marca C apresentou limites fora do estabelecido pela legislação vigente, indicando falhas no controle higiênico-sanitário durante o processamento. Conclusão: Estes resultados indicaram a necessidade da implantação das Boas Práticas de Fabricação (BPF), no controle de qualidade destes produtos.

Palavras-chave

Microbiologia de alimentos; Segurança alimentar e nutricional; Boas práticas de fabricação; Qualidade dos alimentos; Tecnologia de alimentos

Abstract

Objective: The production of fresh-cut fruits and vegetables has shown an outstanding growth in the latest years, due to the remarkable changes in the consumers’  life style, who are in search of convenience, practicality and a diet rich in healthy foods. The objective of this study was to analyze the microbiological characteristics of kale processed minimally commercialized in supermarket in the city of Marilia-SP, in order to show manufacturers and consumers the importance of quality control in minimal processing steps and the risks that contamination can cause to the health of consumers. Methods: Were submitted to microbiological analyses (coliforms at 45°C, Salmonella spp. and Staphylococcus goagulase positive) in three kale marks minimally processed, collected at random, commercialized in the city of Marilia-SP. Results: From the results obtained in the microbiological analysis it was found that the C2 samples were outside the limits established by the legislation, indicating gaps in hygienic-sanitary control during processing. Conclusion: These results indicate the need to implement Good Manufacturing Practices (GMP), the quality control of these products.

 

Keywords

Food microbiology; Food security; Good manufacturing practices; Food technology; Food quality

COMUNICAÇÃO BREVE

Estudo epidemiológico das infecções fúngicas superficiais em Itajaí, Santa Catarina

Aline Didoni Fajardo

Renan Ribeiro da Silva

Ana Paula Michels Costa

André Luiz Rossetto

Rosana Cé Bella Cruz

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 No. 4 Ano 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Foram investigados e caracterizados os aspectos clínicos e epidemiológicos das micoses superficiais, a fim de determinar o perfil epidemiológico das infecções fúngicas superficiais por meio dos exames micológicos nos pacientes atendidos no município de Itajaí, Santa Catarina (SC). Métodos: Foi realizado um estudo transversal e retrospectivo dos exames micológicos realizados em um Laboratório Escola de Análises Clínicas e registrados nos prontuários dos pacientes atendidos no período de janeiro de 2014 a junho de 2016. Resultados: A maioria dos pacientes foi do sexo feminino, geralmente entre 61 a 70 anos, e a região afetada, a ungueal. O fungo mais identificado foi Candida spp, sendo alguns raros como Aspergillus spp., Acremonium spp. e Hortaea werneckii. Conclusão: O sexo feminino foi o mais acometido e a região ungueal o sítio anatômico mais frequentemente afetado. Os estudos epidemiológicos das micoses superficiais com identificação dos agentes etiológicos auxiliam para o conhecimento da prevalência regional, corroborando em melhor manejo clínico com diminuições da terapêutica baseada apenas na suspeição clínica, insucesso terapêutico e resistência medicamentosa.

Palavras-chave

Micoses; Dermatomicoses; Candida; Infecções oportunistas; Epidemiologia

Abstract

Objectives: They were investigated and characterized the clinical and the epidemiological aspects of superficial mycoses in order to determine the epidemiological profile of superficial fungal infections through mycological exams in patients attended in the municipality of Itajaí, Santa Catarina (SC). Methods: A cross-sectional and retrospective study of the mycological exams performed at the Laboratory of Clinical Analysis was carried out and recorded in the medical records of the patients attended from January 2014 to June 2016. Results: The most of patients it was sex female, usually between 61 and 70 years, and with the affected nail region. The most identified was Candida spp, being some rare as: Aspergillus spp., Acremonium spp. e Hortaea werneckii. Conclusion: The female was the most affected and the nail site was the anatomical site most frequently affected. The epidemiological studies of superficial mycoses with identification of the etiological agents support for knowledge of regional prevalence corroborating in better clinical management with diminution of therapeutic based only on clinical suspicion, therapeutic failure and drug resistance.

Keywords

Mycoses; Dermatomycosis; Candida; Opportunistic infections; Epidemiology

Diagnóstico parasitológico em amostras fecais no laboratório de análises clínicas: comparação de técnicas e custo de implantação

Eduarda Peixoto Azevedo

Elida Mateus de Almeida

Juliana da Silva Matos

Andreza Rodrigues Ramos

Mayara Perlingeiro de Siqueira

Ana Beatriz Monteiro Fonseca

Alynne da Silva Barbosa

Otilio Machado Pereira Bastos

Claudia Maria Antunes Uchôa

Rev. Bras. An. Clin. Vol. 49 No. 4 Ano 2017

Resumo Abstract Texto completo (PDF)

Resumo

Objetivo: Esse estudo objetivou comparar as técnicas de Baermann-Moraes, Faust et al., Ritchie modificada, Lutz e Kato-Katz, para o diagnóstico de parasitoses intestinais e estimar o custo de implantação de cada uma dessas técnicas em um laboratório de análises clínicas. Métodos: Foram analisadas 374 amostras de fezes pelas cinco técnicas. Resultados: Das amostras estudadas, 292 foram analisadas pela técnica de Baermann & Moraes, sendo negativas. A positividade, considerando as demais técnicas, foi de 25,66%. Ritchie modificada detectou positividade em 20,1% das amostras com maior eficiência para Blastocystis sp., seguida por Lutz (15,8%), Faust et al. (12,8%) e Kato-Katz (1,1%). Os índices de concordância Kappa entre as técnicas utilizadas, excluindo Kato-Katz, foram moderados, e de Kato-Katz com as outras técnicas parasitológicas foi fraca. Foi evidenciada ausência de diferença significativa somente entre as técnicas de Faust et al. e Lutz. O Kato-Katz foi considerado uma técnica inadequada para o diagnóstico de parasitoses intestinais, frente ao declínio da frequência de geohelmintíase e permanência ou aumento das infecções determinadas por protozoários. A técnica de Lutz foi a que apresentou menor custo de implantação, seguida por Baermann & Moraes, Kato-Katz, Ritchie modificado e Faust et al., devendo ser a técnica de escolha quando o parâmetro for econômico. Conclusão: Considerando o parâmetro positividade preconiza-se a implantação de Ritchie modificada, embora a associação de técnicas gere resultados mais eficazes. A associação de técnicas com melhores resultados foi de Ritchie modificado e Lutz ou Ritchie modificado e Faust et al.

Palavras-chave

Testes diagnósticos de rotina; Custos e análise de custo; Análise parasitológica

Abstract

Objective: This study aimed to compare the techniques of Baermann-Moraes, Faust et al., modified Ritchie, Lutz and Kato-Katz for the diagnosis of intestinal parasitosis and to estimate the cost of implantation of each of these techniques in a clinical analysis laboratory. Methods: A total of 374 faecal samples were analyzed by the five techniques. Results: Of the samples studied, 292 were analyzed by the Baermann-Moraes technique and were negative. Positivity, considering the other techniques, was 25.66%. Modified Ritchie detected positivity in 20.1% of the samples with greater efficiency for Blastocystis sp., Followed by Lutz (15.8%), Faust et al. (12.8%) and Kato-Katz (1.1%). The Kappa agreement indexes between the techniques used excluding Kato-Katz were moderate and Kato-Katz with the other parasitological techniques was weak. It was evidenced absence of significant difference only between the techniques of Faust et al. and Lutz. Kato-Katz was considered an inadequate technique for the diagnosis of intestinal parasitosis, in the face of the decline in the frequency of geohelminthiasis and the permanence or increase of the infections determined by protozoa. Lutz presented the lowest implantation cost, followed by Baermann-Moraes, Kato-Katz, modified Ritchie and Faust et al., and should be the technique of choice when the parameter is economical. Conclusion: Considering the positivity parameter, the implementation of modified Ritchie is recommended, although the association of techniques yields more effective results. The association of best-performing techniques was between modified Ritchie and Lutz or modified Ritchie and Faust et al.

Keywords

Diagnostic tests, Routine; Costs and cost analysis; Parasitological analysis